Prefeitura realiza a 5ª Conferência Municipal de Cultura

por - 09 outubro


Nicollas Ornelas/PMG-SECOM
A Prefeitura de Guarulhos realizou na última sexta-feira (29) e sábado (30) a 5ª Conferência Municipal de Cultura, no Centro Municipal de Educação e Artes – Cemear. A solenidade de abertura contou com as presenças do subsecretário de Cultura, Adalmir Abreu, do diretor de Cultura, Tiago Ortaet, do diretor do Cemear, Emiliano Patarra, além de representantes da Ordem dos Músicos do Brasil, da Academia Guarulhense de Letras, da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, e da sociedade civil.
Sob o tema “Cultura como Vetor de Desenvolvimento Social e Econômico no Brasil”, a realização do evento representa um passo importante para a construção do Plano Municipal de Cultura de Guarulhos, documento que norteia a gestão municipal na elaboração de políticas públicas na área da cultura.
“A Conferência se constitui, sobretudo, pela ampliação de espaços de diálogo e aprofundamento do debate com os artistas da cidade, que juntos com a administração pública vão ajudar a realinhar a cultura no município”, destacou o subsecretário Adalmir.
A Conferência
Cerca de 140 participantes estiveram envolvidos com os trabalhos da 5ª Conferência. A continuidade das atividades foi marcada ainda pela realização de debates em salas temáticas, organizadas de acordo com os eixos: Economia da cultura e novas tecnologias; Infraestrutura cultural, integração e desenvolvimento; Cultura e sustentabilidade; Democracia, cidadania e diversidade; Política cultural, gestão e capacitação; e Preservação e salvaguarda do patrimônio cultural.
Nesses espaços, representantes do poder público e da sociedade civil também discutiram sobre a proposição de estratégias para consolidação dos sistemas, ferramentas e instituições de participação e controle social na gestão das políticas públicas de cultura durante painéis temáticos das categorias Artes Visuais, Audiovisual, Cultura Popular, Dança, Hip Hop, Livro e Literatura, Música, Samba, Teatro e Associações Culturais.
Para o maestro Patarra, diretor do Cemear, a maior conquista na realização da conferência é a possibilidade de ampliação do debate com os artistas e fazedores de cultura do município. “Esse encontro permite discutir e tocar em pontos polêmicos, ao mesmo tempo em que juntos podemos aprofundar diagnósticos de um processo coletivo, cuja solução final tem que ser consequência do entendimento das causas dos problemas que enfrentamos”, observa. Nesse contexto, ainda de acordo com o maestro, o diálogo com artistas de diferentes áreas garante a diversidade de pessoas e de opiniões.

VEJA TAMBÉM

0 comentários