Cultura brasileira pode chegar a um dos maiores festivais dos EUA

por - 11 janeiro



Ministro Sá Leitão discutiu participação brasileira no Smithsonian Folklife Festival, em Washinton (Foto: Acácio Pinheiro/Ascom MinC)
 
 
O Brasil poderá participar, em 2019, do Smithsonian Folklife Festival, realizado anualmente pelo Smithsonian Institution, um dos maiores complexos museais dos Estados Unidos, com 19 museus localizados em Washington. Realizado há 50 anos, o evento permite que comunidades, regiões e países compartilhem seu patrimônio cultural com um público que atinge cerca de um milhão de pessoas, entre norte-americanos e turistas de todo o mundo. O tema do próximo ano será "O Poder Social da Música".
 
A inédita participação brasileira foi discutida nessa terça-feira (9) em reunião entre o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, a diretora da Organização Não Governamental (ONG) Associação Raízes da Tradição, Ana Paula Jones, e dirigentes do Ministério da Cultura (MinC) nas áreas de patrimônio, museus e diversidade cultural. Em outubro do ano passado, o ministro e a produtora cultural estiveram reunidos em Los Angeles com a diretora do festival, Sabrina Lynn Motley.
 
Para o ministro da Cultura, a participação no Smithsonian Folklife Festival é importante para dar visibilidade à cultura brasileira. "O festival é uma grande plataforma de promoção dos ativos de economia criativa. O conteúdo da cultura tradicional deve estar associado a uma forma contemporânea de comunicação, com o uso da tecnologia para torná-la mais atrativa a todos os públicos", destacou Sá Leitão.
 
Durante a reunião, Ana Paula Jones se apresentou como parceira para materializar a participação brasileira no festival norte-americano. Ela apresentou o trabalho realizado há mais de 22 anos pela ONG Associação Raízes da Tradição, que se tornou uma referência na metodologia de divulgar a cultura de povos e comunidades tradicionais por todo o País. A Consultoria Jurídica do MinC está estudando o melhor instrumento legal para a colaboração brasileira na programação do evento em 2019.
 
Cultura popular
 
O fomento à cultura popular brasileira é uma das principais prioridades do Ministério da Cultura. Além da gestão de políticas públicas nas áreas de cidadania e diversidade cultural, patrimônio histórico material e imaterial e museus, o MinC realizou, em 2017, a 5ª edição do Prêmio Culturas Populares, que premiou, com R$ 10 mil, 500 iniciativas de mestres, grupos, comunidades e instituições privadas que mantêm vivos o patrimônio e as tradições nacionais.
 
Assessoria de Comunicação
Ministério da Cultura

VEJA TAMBÉM

0 comentários