Cemear: cerca de 3,5 mil alunos dão início a mais uma jornada de aprendizagem

por - 27 fevereiro

Foto: Carla Maio/Secel
Alunos dos cursos regulares de música do Conservatório de Guarulhos, línguas estrangeiras, artesanato, cursos livres e projetos oferecidos pelo Centro Municipal de Educação e Artes (Cemear) voltaram às aulas nesta segunda-feira (26). Ao longo dos próximos dias, cerca de 3,5 mil alunos, entre os que já faziam parte do corpo discente do Cemear e aqueles que acabaram de ser admitidos em processos seletivos, dão início a mais uma jornada de dedicação e aprendizagem.
As provas e entrevistas dos cursos com processo seletivo, como os de técnica instrumental e teoria, tiveram início em janeiro. Na semana passada, o Cemear realizou a 1ª chamada de candidatos de cursos como Canto Erudito, Iniciação Musical, Piano Erudito e Popular, Guitarra, entre outros instrumentos.
Fabio Pelegatti, professor de Técnica Vocal, esclarece que os candidatos que participaram do processo seletivo e que ainda não foram chamados ainda têm chances. “A lista de suplentes é válida até novembro de 2018, os candidatos serão chamados por telefone, então é importante manter seus dados atualizados”, explica Fábio. 
O candidato de violão popular, João Victor Wiltenburg, de 13 anos, não aguardou muito tempo na lista de suplência e logo foi chamado para preencher a vaga. “Quis aprender a tocar violão para me aproximar do meu irmão que é oficial do exército e mora em Cuiabá. Essa foi a maneira que encontramos para não perder o contato, cresci ouvindo ele tocar para mim e sempre gostei muito”, finalizou. 
Para acessar a lista dos alunos aprovados para os cursos após a 2ª etapa do processo seletivo, clique aqui. A lista de alunos suplentes, válida até novembro de 2018, também está disponível aqui.
Ansiedade marca retorno de novatos e veteranos 
As irmãs Amanda Ozório de Moura, de 21 anos, e Adriane Ozório de Moura, de 17 anos, aguardavam ansiosas pela primeira aula de violão popular com o professor Mylson Joazeiro.
“Sempre ouvimos falar muito bem do Conservatório e isso despertou nosso interesse em aprender a tocar violão. Estamos bastante ansiosas e esperamos alcançar nosso objetivo, que é sair daqui tocando. Nós queremos montar uma banda e tocar músicas gospel na igreja”, conta animada Amanda. 
Gustavo Silva Ramos, de 20 anos, explica que está muito contente com o resultado e já tem novos planos: “Tenho mais acesso ao violão agora, espero aproveitar bem essa oportunidade para um dia poder tocar o contrabaixo”, comemora o jovem. 
Roger Assis, de 34 anos, também quer estudar violão para, no futuro, também aprender a tocar guitarra: “aprender a tocar é algo que eu desejo muito e ser admitido pelo Conservatório é uma grande honra, tem um peso maior, todos nós sabemos de nossa responsabilidade”, vibra.
Aluno do 2º ano do curso de violino, Thiago Mathias da Silva, 15 anos, também estava contente e ansioso pelo início das aulas. Aos novatos que estão chegando, o veterano dá uma dica bastante útil: “É importante fazer amizades para você não ficar isolado, isso vai fazer você aprender melhor. Também é preciso se empenhar bem nas aulas, para não repetir de ano”. 
Por Carla Maio
Publicado em 27/02/2018, às 11:32
Editado em 27/02/2018, às 11:41

VEJA TAMBÉM

0 comentários