Poesia Socialista



Sou filho de nordestinos, do sertão de Pernambuco, sinto a desigualdade desde menino; mas não  desisto, luto.Sou filho da luta contra a  miséria, sou pai das minhas virtudes, por atitude tenho a alma de quem faz acontecer por isso sou PSB.

Como não ter orgulho de um partido que junta todas as partes do Brasil pra ser plural, que valoriza a arte e os artistas pra governar um povo tão multicultural.

Tenho orgulho... E esse barulho todo que ouço da nossa juventude vem de uma vontade absurda de transformar, da nossa atitude de lutar, de levar justiça social, inquietude popular pra fazer a voz do povo ecoar.

PSB da faxineira, do garçom, do motorista, do jornaleiro, do pedreiro, do administrador e do ativista, do gay, do negro, do branco, do refugiado, do rico, do pobre, do canto entoado. Do poeta e do artista, todos cabem aqui nessa poesia socialista.

PSB é de quem lutou contra a ditadura, de quem defende a cultura e de quem não aceita injustiça.Se minha poesia socialista não puder lhe tocar, vá lá fora e procure algum irmão que não tenha um lar, um mãe que não tenha um teto pra cuidar de seu filho; um pai de família desempregado, um jovem que desencantado já não tem espaço pra mostrar seu  brilho.  Como posso dormir sossegado? Ser socialista é dar voz aos inconformados.

Falo e não por demagogia, mas na simplicidade de minha poesia, um educador que por experiência na periferia vem trazer a alma do educar, a áurea do amor, sim, por quê só é possível fazer política quem ama seu povo.

PSB de Arraes, da rebeira, do açude e de quem faz... PSB de Siqueira, de justiça, de alma brasileira, de gente do bem, de estudo a noite inteira pra ir muito mais além.

PSB de Eduardo, de Capiberibe, de estudante, de Professor, de entusiasmo que não  o bastante vem trazendo mais gente de valor... de Suassuna, de leitores, letrados, de gente humilde e povo preocupado com os rumos da nossa nação.

PSB de Márcio França, de detalhe importante, de governança; de adulto, de idoso e de criança, de católico, protestante, evangélico, retirante, umbandista, militante, budista e qualquer sujeito que tenha esperança.

PSB de Gustavo Henrique Costa, do Guti, de quem tem fé, de quem acredita e de quem gosta, é do andante ao doutor, é de Ortaet, dos jovens na internet, do João, da Maria, do Diego, do Zé, do Antônio e quem tem fé. 

PSB é liberdade... Caminho político em busca de justiça social e igualdade.

PSB é de quem faz, de quem constrói, ele é do mundo inteiro mas tem a alma do povo brasileiro.

Professor Tiago Ortaet - 03 de Março de 2018

VEJA TAMBÉM

0 comentários