CURSO DE GESTÃO CULTURAL NA PERSPECTIVA DOS DIREITOS HUMANOS

por - 02 julho

O objetivo do curso é oferecer aos gestores culturais, produtores e demais profissionais da cultura arcabouço teórico e prático no âmbito dos direitos humanos para administrar locais e eventos culturais, respeitando e incorporando as múltiplas realidades sociais coexistentes em nosso país, particularmente em território urbano.

O curso se divide em seis módulos, iniciando em agosto e encerrando em dezembro de 2018. Os encontros acontecerão em sábados intervalados (a cada 15 dias conforme programação abaixo).
O curso agrega professores-pesquisadores, gestores e ativistas de movimentos sociais e culturais.

A metodologia compreende aulas teóricas e um workshop.

4/8 - Módulo 1: A cultura como direito humano

10h às 13h: O que são Direitos Humanos?
Com Ana Lúcia Pastore.

13hs às 14h30: Intervalo para almoço

14h30 às 17h30: Relatos de pesquisa
Direito à educação e à cultura
Com Francione Carvalho.

Direito à memória e à verdade como parte da política e do empoderamento de grupos, etnias e comunidades vitimadas ou atingidas por poderes autoritários, discricionários e soberanos.
Com Suzenalson Kanindé.

18/8 - Módulo 2: Políticas públicas e o direito constitucional à cultura

10h às 13h: A cultura na Constituição de 1988
Com Guilherme Varella.

13h às 14h30: Intervalo para almoço

14h30 às 17h30: Lei de fomento à periferia
Com Coletivo Perifatividade e coletivo Quilombaque Perus.

1/9 - Módulo 3 (Primeira parte): Narrativas hegemônicas: representação e/ou ausência do outro

10h às 13h: Branquitudes, masculinidades, cisgeneridades, heterossexualidade compulsória, eurocentrismo.

13h às 14h30: Intervalo para almoço

14h30 às 17h30: Branquitudes, masculinidades, cisgeneridades, heterossexualidade compulsória, eurocentrismo.
Com Ana Helena Passos, Bruno Puccinelli e Waldemir Rosa.

15/9 - Módulo 3 (Segunda parte): Narrativas hegemônicas: representação e/ou ausência do outro

10hs às 13hs: Apresentação de pesquisas que revelam a reprodução de desigualdades sociais e preconceitos nas produções culturais gerando distorções e prejuízos para os grupos sub-representados.

Perfil da literatura brasileira contemporânea .
Com Regina Dalcastagnè.

Projeto Históriada-rte (historiada-rte.org)
Com Bruno Moreschi.

13h às 14h30: Intervalo para almoço

14h30 às 17h30: Narrativas hegemônicas nos museus
Com Pedro Paulo Funari.

29/9 - Módulo 4: Narrativas contra hegemônicas: protagonismo e empoderamento

10h às 13h: Aulas sobre a necessidade e importância da criação de narrativas próprias dos grupos à margem dos espaços hegemônicos de produção de cultura e saber.

13h às 14h30: Intervalo para almoço

14h30 às 17h30: Aulas sobre a necessidade e importância da criação de narrativas próprias dos grupos à margem dos espaços hegemônicos de produção de cultura e saber.
Com Rosane BorgesCristino Wapichana e Amara Moira.

27/10 - Módulo 5 (Primeira parte): Diversidade de público e de programação: “Nada sobre nós, sem nós!”
Nesse módulo se discutirá a importância de incorporar grupos vulneráveis no desenvolvimento da programação, no protagonismo dos discursos sobre eles, de modo que não sejam apenas “temas” programáticos, mas também os porta-vozes de suas próprias vivências.

10h às 13h: Acessibilidade cultural para pessoas com deficiência

13h às 14h30: Intervalo para almoço

14h30 às 17h30: Acessibilidade cultural para pessoas com deficiência
Com Claudio Rubino.

10/11 - Módulo 5 (Segunda parte): Diversidade de público e de programação: “Nada sobre nós, sem nós!”
10h às 13h: Acolhimento e programação com migrantes
Com Julio Moracen Naranjo.

13h às 14h30: Intervalo para almoço

14h30 às 17h30: Espaços de lazer, cultura e resistência.
Com Erica Malunguinho.

24/11 - Módulo 6 (Primeira Parte): Sociedade e cultura: Questões emergentes
Esse módulo visa colocar em debate situações que gestores e profissionais da cultura têm vivenciado com mais frequência recentemente e para as quais, em alguns momentos, tem dificuldade de encontrar soluções. A partir de casos recentes, serão discutidos temas como:
•Intolerância
•Assédio
•Xenofobia
•Racismo
•Acesso da população em situação de rua aos espaços de cultura
•A livre circulação de jovens
•Liberdade de expressão X discurso de ódio
•Criminalização de expressões culturais
•E outras.
Os temas serão trabalhados em grupo, num formato de workshop. Cada grupo deve analisar um caso apresentado e buscar uma solução que esteja em consonância com o respeito aos direitos humanos.

10h às 13h: Organização dos grupos, seleção dos casos.

13h às 14h30: Intervalo para almoço

14h30 às 17h30: Análise do material selecionado.
Com Ana Helena Passos, Bruno PuccinelliErica Malunguinho e Claudio Rubino.

8/12 - Módulo 6 (Segunda Parte): Sociedade e cultura: Questões emergentes
10h às 13h: Apresentações.

14h30 às 17h30: Avaliação do curso e encerramento.
Com Ana Helena Passos, Bruno PuccinelliErica Malunguinho e Claudio Rubino.

Gestão Cultural na Perspectiva dos Direitos Humanos
4/8 a 8/12
Sábados, 10h às 17h30.

As inscrições podem ser feitas a partir de 04 de julho às 14h, através do link: http://bit.ly/GCPDH-CPF ou nas Unidades do Sesc em São Paulo.

Centro de Pesquisa e Formação do Sesc
Rua Dr. Plínio Barreto, 285 - 4º andar
Bela Vista - São Paulo.

Valores
R$ 36,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes
R$ 60,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante
R$ 120,00 - inteira

VEJA TAMBÉM

0 comentários