1º Concurso de Piano de Guarulhos emociona público do Adamastor

por - 31 maio


Foto: Carla Maio
A Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos apresentou no último sábado, 25, no Teatro Adamastor, concerto de premiação do GruPiano, o primeiro concurso musical da cidade de Guarulhos. Henrique Rabelo foi o grande vencedor da categoria Nacional, executando com técnica e excelência o “Concerto para piano e orquestra n°2 Opus 40”, de Felix Mendelssohn.
Em 2º lugar, Lucas Gonçalves surpreendeu o público com sua técnica impressionante, interpretando “Concerto para Piano e Orquestra n°2 Opus 21”, de Frédéric Chopin, com grande impetuosidade e leveza uma das peças mais marcantes da história da música clássica. Igualmente surpreendente, Mateus Restani Furtado forneceu a “Concerto para piano e orquestra n°1 S.124”, de Franz Liszt, elementos rebuscados, aproveitando de forma primorosa os recursos sonoros da música orquestral para mostrar a plenitude e beleza do piano.
O Secretário de Cultura, Vitor Souza, e o diretor do Departamento de Eventos Culturais, Tiago Ortaet, prestigiaram o evento e vibraram com as apresentações, que tiveram início com a categoria Infanto-juvenil e deixaram o público bastante exaltado, devido ao alto nível dos inscritos. 
“Oferecer aos instrumentistas a oportunidade de tornar seu empenho e dedicação visíveis é uma marca positiva do município de Guarulhos, uma forma de ressaltar o valor artístico dessa linguagem, promovendo concursos de altíssima relevância no meio musical”, observou o Secretário Vitor, antes de anunciar importantes novidades da Orquestra Jovem. 
Dentre as novidades estão a participação dos finalistas da categoria Nacional em concertos da Temporada 2020 da Orquestra Jovem e a realização do Concurso GruCordas, que a exemplo do GruPiano, também vai contemplar candidatos de uma grande variedade de instrumentos desse gênero.
Tiago Ortaet também cumprimentou os participantes, enfatizando a democratização do acesso aos bens culturais como marca importante da Secretaria de Cultura. “A Orquestra Jovem representa verdadeiro patrimônio cultural da cidade, por isso, a Prefeitura de Guarulhos descentraliza seus espetáculos, viabilizando que a música clássica possa chegar também às periferias”, comemorou o Diretor de Cultura.

Jovens e talentosos
Composta por grandes especialistas nesse instrumento, a banca examinadora do Concurso GruPiano se viu diante de grandes dilemas no momento de selecionar os vencedores da categoria Infanto-juvenil. “É um concurso de altíssimo nível com instrumentistas muito jovens e bastante seguros sobre o que desejam da música, todos eles mostrando grande amadurecimento técnico e musical”, pontuou Isabel Kanji, professora de piano do Conservatório Municipal de Guarulhos. 
Marisa Lacorte, pianista e professora da Escola Municipal de Música de São Paulo, inspira-se no entendimento de que música é prazer, faz bem à saúde e ao cérebro: “Não existem vencedores, todos estão no caminho certo, rumo à participação em um evento importantíssimo que, certamente, vai lhes dar muita visibilidade”, observa Marisa.
Já o pianista Daniel Matos, professor da EMESP Tom Jobim, observou algumas peculiaridades que tornam o Concurso ainda mais especial: “São jovens em busca de reconhecimento, estudam e se esforçam muito. Eles têm poucas chances de se apresentar para uma orquestra, então, é um grande privilégio para todos realizar a prova final sendo acompanhados pela Orquestra Jovem”.

Difícil escolha
Dividida em três turnos diferentes, de acordo com a idade, a categoria Infanto-juvenil acusou empates. No 1° turno (até 10 anos) houve empate de Adele Nao Murai, que interpretou Debussy, e Gabriel de Faria Beck, com as “Peças Infantis”, de Claudio Santoro. No 2° turno (11 a 14 anos), também houve empate entre os intérpretes de Villa-Lobos: André Fogaça Souza Minicz, com a peça "Na corda da Viola", e Nicholas Mamédio Diniz, com "Samba Lelê". A mesma situação se repetiu no 3° turno (15 a 18 anos), com empate das intérpretes de Debussy, Emilly Alberto Souza e Ingrid Rodrigues Uemura.
Com a obra "A branquinha", de Villa-Lobos, Helen Rocha foi a grande vencedora da Categoria Guarulhos. 
Emiliano Patarra, maestro regente da Orquestra Jovem, acolhe o público do Teatro Adamastor mostrando às pessoas a importância de uma plateia extremamente fiel à música orquestral: “São vocês quem motivam tudo aquilo que fazemos. O objetivo da Orquestra Jovem ao montar um espetáculo como o GruPiano é criar um movimento instigante tanto para a plateia quanto para os jovens instrumentistas da Orquestra, que estão em fase final de profissionalização”, vibra Patarra.
Para o maestro, a realização do Concurso GruPiano em Guarulhos coloca a cidade em evidência em meio a importantes iniciativas no mundo da música, contribuindo para a vida musical do país ao mesmo tempo em que é interessante mostrar o quanto a cidade tem maturidade para eventos desse porte.
Por Carla Maio
Publicado em 27/05/2019, às 15:55
Editado em 29/05/2019, às 09:57

VEJA TAMBÉM

0 comentários