POLÍTICA E CULTURA EM MÁRIO DE ANDRADE É TEMA DE PALESTRA EM SP

por - 03 outubro

Pegando carona no Festival Mário de Andrade – A Virada do Livro, em 05 de outubro, sábado, a partir das 10:30 horas, promoveremos a conversa "Política e Cultura em Mário de Andrade", em parceria da Tapera Taperá com a Escola do Parlamento.

O evento é uma discussão aberta e informal sobre uma das múltiplas facetas de Mário de Andrade, a de pensador e gestor de instituições, formulador e executor de políticas publicas.

Não é necessária inscrição prévia. 
Mário foi o primeiro Diretor do Departamento de Cultura do Município de São Paulo, entre 1935 e 1938, quando liderou projetos para a antiga Bibliotheca Municipal (atual Biblioteca Mário de Andrade), a discoteca pública e parques da cidade. Também criou a proposta que redundaria no Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que mais tarde se tornou o IPHAN. Em 1938, Mario assumiu a direção do Instituto de Artes da atual Universidade Estadual do Rio de Janeiro.

É com orgulho então que, nesta manhã de festival literário no centro histórico, teremos o privilégio de receber a Dra. Ana Cristina Arantes, autora do livro "Mario de Andrade: o precursor dos parques infantis em São Paulo", Eduardo Sena, doutorando (ECA-USP), autor de "Um turbilhão sublime: Mario de Andrade e o Departamento de Cultura de São Paulo", pelo IEA, Silvana Rubino, Profa. Dra. da Unicamp, curadora da Ocupação Mario de Andrade no Itaú Cultural (2013), Ricardo Queiroz, que atua em bibliotecas públicas faz 25 anos e é um dos articuladores na construção do Plano Municipal do Livro, da Leitura, da Literatura e da Biblioteca da cidade de São Paulo, e finalmente Waltemir Jango Nalles, o Miro, com longa trajetória na área, tendo sido coordenador de biblioteca do Centro Cultural São Paulo, entre outras funções.

VEJA TAMBÉM

0 comentários