SÓ O CONHECIMENTO NOS LIBERTA DA IGNORÂNCIA

por - 08 outubro

 Toda ação humana é política, a política é a essência de nossa convivência em sociedade e base da civilização. Entender as políticas públicas culturais de um país punjante como o nosso é acesso para diálogo, debate e construção do saber; principalmente nessa "era" em que todos parecem ter informações sobre tudo, mas na verdade, poucos transformam as informações em conhecimento. FakeNews de internet, muitas vezes, são muito mais sedutoras para reduzir debates complexos em discursos simplistas, rasos e/ou preconceituosos perante fatos que interferem diretamente na nossa vida.  Foi a partir dessa premissa que hoje, nas aulas com os terceiros anos, debatemos sobre a importância da Agência Nacional de Cinema do Brasil (ANCINE) no sentido de fomentar, regular e fiscalizar as produções brasileiras; um mercado que aquece a economia do Brasil de forma muito contundente.

Oportunamente os estudantes estão pesquisando sobre audiovisual, criando videoclipe de uma canção do rapper Projota e analisando pré, produção e pós produção. 

Recentemente a ANCINE sofreu intervenções do presidente da república e cancelou um edital público que tinha por objetivo fomentar produções com temática LGBT. Nos últimos dias a justiça federal suspendeu a portaria que cancelava o edital e determinou seu prosseguimento. 

Para saber + 




VEJA TAMBÉM

0 comentários