A PESQUISADORA SELMA MOURA MINISTRARÁ FORMAÇÃO EM CURITIBA

por - 11 dezembro

CONHEÇA MAIS SOBRE A PESQUISADORA:

Mestre em Linguagem e Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Pedagoga e especialista em Linguagens das Artes pela USP. Tem experiência na área de Educação como professora, coordenadora e diretora, com ênfase em educação bilíngue, ensino e aprendizagem de línguas, desenvolvimento de currículo e formação de professores. Atualmente interessa-se pela educação de crianças de origem imigrante em contextos de crescente diversidade no Brasil, por etnografia da linguagem, sociolinguística e letramentos multilíngues. Faz parte do corpo docente do Instituto Singularidades e do Instituto Superior de Educação de Ivotiatuando na pós-graduação em Educação Bilíngue. É autora de artigos e co-autora de livros na área de educação bilíngue e linguagens das artes. Faz parte do BRAZ-TESOL Bilingualism SIG e é a editora deste blog.
Mãe de três bilinguinhos.
E-mail: selmamoura@educacaobilingue.com
Twitter: @selmamoura
Publicações da autora sobre educação, educação bilíngue e bilinguismo:
MOURA, Selma de Assis. Com quantas línguas se faz um país? Concepções e práticas de ensino em uma sala de aula na educação bilíngue. Dissertação de Mestrado, Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009
MOURA, Selma de Assis. Educação Bilíngue no Brasil: possibilidades e desafios rumo a uma sociedade linguística e culturalmente plural. Anais da VI Semana de Educação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.
MOURA, Selma de Assis.O que é fluência? In: TROVÓ, Carol Olival. (Org.). Ensinando inglês para executivos brasileiros. 1 ed. São Paulo: Editora do Autor, 2011, v. 3, p. 29-38.
MOURA, Selma de Assis. Folha de S.Paulo – Pergunta do leitor – 12:07:2010 Folha de São Paulo, Caderno Cotidiano, Seção Saber, 12/07/2010
MOURA, Selma de Assis. Quem de repente aprende: uma experiência de formação continuada em artes com professoras polivalentes na educação infantil. Revista Digital Art& – ISSN 1806-2962 – Ano VI – Número 10 – Novembro de 2008
MOURA, Selma de Assis. Arte Educação para quê? (Razões para ensinar arte). Overmundo, 12/04/2008.
MOURA, Selma de Assis. O papel da arte na formação dos jovens e na transformação das comunidades. Entrevista ao site Conexão Professor, da Secretaria de Educação do Rio de Janeiro. Jun/2009
MOURA, Selma de Assis. Hoje é domingo, pede cahimbo: as parlendas e as cantigas na educação. Portal Cultura Infância.
MOURA, Selma de Assis. O resgate de brinquedos tradicionais da infância.Overmundo, 10/04/2008
MOURA, Selma de Assis. A importância da leitura de textos na Educação infantil. Pensando Bem – Informativo da Rede Colegium, Ano VI, out/2008
Contribuições em reportagens sobre educação e educação bilíngue:
“Seja em que momento for, o bilinguismo traz inúmeros benefícios cognitivos, sociais, culturais e econômicos”, defende pedagoga. Revista Educação edição 251, 22/08/2018.
Educação bilíngue: existe idade certa para aprender um novo idioma? Porto Alegre 24 horas , 20/03/2019.
O melhor momento é o possível. Revista Mundo Escolar, editora FTD. 
O desafio da educação bilíngue no horizonte das universidades. Portal Desafios da Educação, 20/04/2018.
Instituições bilíngues têm diversas propostas. Reportagem de Luiza Pollo, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo, 30/10/2016.
Dois idiomas, uma criança. Reportagem de Carmem Guerreiro, Revista Educação, outubro/2011.
O papel da arte na formação dos jovens e na transformação das comunidades. INCCAS Escola de Artes, 06/04/2015.
Bate-papo com pedagoga Selma Moura dá dicas de como escolher uma escola bilíngue. UOL.
MOURA, Selma de Assis. Folha de S.Paulo – Pergunta do leitor – 12:07:2010 Folha de São Paulo, Caderno Cotidiano, Seção Saber, 12/07/2010

VEJA TAMBÉM

0 comentários