QUEM É BEATRIZ MILHAZES???

por - 29 maio

Biografia de Beatriz Milhazes

Beatriz Milhazes (1960) é uma pintora, gravadora, ilustradora e professora brasileira, um dos mais destacados nomes da arte contemporânea no Brasil.
Beatriz Ferreira Milhazes (1960) nasceu no Rio de Janeiro, no ano de 1960. Ingressou no curso de Comunicação Social da Faculdade Hélio Alonso, no Rio de Janeiro. Em 1980 iniciou-se nas artes plásticas na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, onde mais tarde lecionou e coordenou as atividades culturais. Em 1981 concluiu o curso de Comunicação Social.


Em junho de 1984, Beatriz Milhazes participou da exposição “Como Vai Você, Geração 80?”, no Parque Laje, que reuniu 123 artistas de todo o Brasil, que buscavam retomar a pintura em contraposição à verdade conceitual dos anos 70, com o uso de novas técnicas e materiais, onde expressavam a liberdade e a diversidade no processo de redemocratização do país.
A partir dos anos 90, a pintora destacou-se em mostras internacionais nos Estados Unidos e na Europa. Suas obras passaram a fazer parte dos acervos de alguns museus, entre eles, o Museum of Modern Art (MoMa), o Guggenheim e o The Metropolitan, em Nova York, como também na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa e na Fondation Cartier, em Paris.
Entre 1995 e 1996, Beatriz Milhazes ingressa no curso de gravura em metal e linóleo no Atelier 78, com Solange Oliveira e Valério Rodrigues. Em 1997 ilustra o livro As Mil e Uma Noites à Luz do Dia: Sherazade Conta Histórias Árabes, de Kátia Canton.
Beatriz Milhazes tornou a cor um elemento de grande importância em suas obras, onde apresenta formas circulares integradas com quadrados, flores, arabescos e listras. Na maioria de seus trabalhos a artista prepara imagens sobre plásticos transparentes que são descoladas como películas e aplicadas na tela por meio de colagens sucessivas, realizadas com precisão.
Sua obra “O Mágico”, pintada em 2001, foi vendida em um leilão da Sotheby, em Nova York, em 2009, por 1,049 milhões de dólares, a obra “O Moderno”, de 2002, foi comprada em Londres por 1,1 milhão de dólares e a tela “Meu Limão” foi arrematada, em 2012, por 2,1 milhões de dólares na Galeria Sotheby’s, em Nova York.
fonte: ebiografia.com 

VEJA TAMBÉM

0 comentários