Casa Ortaética de Humanidades se consolida como importante projeto comunitário da Zona Norte






















Em 2003, numa escola pública da periferia da cidade, nascia um projeto teatral comunitário, a partir do sonho de um professor que queria proporcionar às crianças e jovens o primeiro contato com as artes. Assim nasceu o embrião, do que hoje é a Casa Ortaética de Humanidades, no bairro do Jardim Brasil.

Em 2008 a Trupe Ortaética de Teatro Comunitário esteve sediada num centro de atendimento biopsicossocial na Avenida Guapira e por lá permaneceu por alguns anos. De lá pra cá, o grupo, liderado pelo professor Tiago Ortaet, se instalou também no CEU Jaçanã, num sindicato no centro de São Paulo e em centros comunitários de Guarulhos; sempre desenvolvendo projetos culturais, na perspectiva de democratização do acesso às artes, como desenvolvimento humano e social.

Os integrantes do coletivo cultural sempre se envolvem com causas culturais da zona norte, como em projetos artísticos em várias agremiações carnavalescas da região; bem como em ações sociais.

Em 2019 o projeto expandiu para a configuração de uma casa de cultura na periferia, conquistando um novo espaço para ampliar sua atuação social/cultural, inaugurando a CASA ORTAÉTICA DE HUMANIDADES na Rua: Alto Paraguai, 40 – Jardim Brasil.

A casa de cultura é gerida por um conselho gestor, inclusive com a participação de professores e estudantes do bairro. Em linhas gerais, a “Ortaética” é um projeto de indução de CIDADANIA que utiliza a educação, a cultura e os direitos humanos como plataformas de empoderamento dos seus participantes.

O espaço cultural é uma necessária ação da sociedade civil no fomento às práticas artísticas e tem um papel muito importante na comunidade, com projetos de capoeira, reforço escolar, teatro, música, dança, dentre outras linguagens.

Nesse período de pandemia, foi criado o “MOVIMENTO APETITE” como um ciclo de ações emergenciais para socorrer famílias da comunidade que ficaram desempregadas. A iniciativa só se faz concreta com a união de muitos amigos e parceiros do projeto que, solidários às dores da fome, se engajam nessa causa urgente e necessária. São preparadas centenas de refeições por semana. Recentemente o projeto foi destaque no “Jornal AGORA SP” pela iniciativa de atendimento emergencial à comunidade.

mote de PARTILHA, COMUNHÃO e EMPATIA é elo de construções de novas realidades possíveis a fim de transformar vidas. O grupo segue unindo pessoas vocacionadas para as causas comunitárias.

O projeto conta com duas modalidades de entrega:

1. As famílias que estão em situação de extrema VULNERABILIDADE, recebem uma senha, durante a manhã e retiram as refeições no local, por volta das 12h.

2. Amigos ou até desconhecidos indicam famílias; sigilosamente, pelo Whatsapp e a equipe de entrega, leva a refeição até esse indicado; numa espécie de DELIVERY SURPRESA.

No último final de semana o subprefeito Niwton Gilberto e equipe de assessores visitaram a instituição e puderam acompanhar de perto o preparo das refeições e a inauguração do “Brechó Solidário” no local, com a disponibilização de roupas e agasalhos, gratuitamente à comunidade, para enfrentarem o inverno que está por vir.

Os representantes do coletivo cultural se sentiram prestigiados pela visita do poder público. “É uma forma de reconhecimento do nosso incansável trabalho cultural e social, na região” destacou o professor Tiago Ortaet.

Uma das jovens voluntárias da casa de cultura é a confeiteira Samara Rita, de 24 anos. “Eu acompanho há muitos anos esse projeto. Já fui aluna do teatro e atualmente sou voluntária das ações sociais. Temos que ajudar a comunidade, ainda mais nesse período difícil de pandemia” disse a jovem, enquanto atendia no balcão de roupas.

O projeto já foi apresentado em congressos nacionais e internacionais de educação e tem como uma de suas próximas metas, fundar um cursinho comunitário para auxiliar os jovens a entrarem na universidade pública. 

Quem quiser conhecer mais sobre os projetos da Casa Ortaética de Humanidades, apoiar, doar e participar das ações; acessem suas redes sociais:

Instagram e Facebook: @CasaOrtaéticaDeHumanidades

www.youtube.com/tiagoortaet e www.trupeortaetica.com


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

AULA ESPECIAL - PESQUISA NA SALA DE INFORMÁTICA: VESTIDO DA LADY GAGA * O QUE VOCÊ ACHA???