POESIA COMCLETA - Tiago Ortaet

 

COMCLETA

Em terra de lavrador, pela roça do Ceará

Um choro ecoou de onde mal se podia enxergar

Década de 30, mais delicada que o orvalho da flor

Valor como aquele que o artista pinta, pincelada, trabalho e amor

Sítio Monte Alegre, num 26 de Abril

Fim da tarde, no sertão do Brasil

Pelas mãos da parteira Belizária,

Suave como cheiro de chá de erva cidreira,

Visão relicária, suspiro a noite inteira,

Cenário de mensagem originária,

Uma criança, um esteio, menina do meio de uma história literária.

Acendeu o candeeiro, diante da imaculada

Qual nome daria para aquela menina recém chegada?

Dona Cândida emocionada o bastante e Seu Chico Elefante, não muito distante,

Escolheram um nome para aquele novo diamante...

A terceira mais velha de 8 irmãos, cresceu como criança de pé no chão,

Casou-se aos 24 anos, foram muitos sonhos e muitos planos… Foi morar no Sítio São José dos Mandú, ficou pouco tempo até chegar em São Paulo, Vila Antonieta, cuidar de sua casa era seu planeta, Zona Leste era o seu teste para um mundo novo… Aquela jovem era semblante daquele povo...

Teve três filhos, bem criados, mas ela estudar como queria, não podia; mas derrubando barreiras se formou em pedagogia em 1964, uma glória para alguém que saiu do mato...

Esposa e viúva, senhora como vinho, conhece o caminho e sabe encarar a chuva…

Já foi à Paris, Madri e Jerusalém

Uma eterna menina que está sempre no coração de alguém. Ela não se importa pra idade que tem...

Ela dá um pouquinho de preocupação aos filhos quando vai passear e não avisa

É um trem que não cabe em nenhum trilho, é avó e já já será Bisa...

Uma velocidade mais intensa quando se precisa

Para o mundo entrega o seu brilho

Sua trajetória é sua própria pesquisa…

Vicentina que sempre ajudou pessoas pelo seu caminho

Repentina como uma águia que não cabe no ninho

Voa longe, como a imaginação do netinho

Na tela pintada pelo Ayrtinho, uma flor para aquela vovó-passarinho

Voa como uma serpentina de carnaval pela sua arte e pela mente teatral.

Aquela senhora que me procurou pra realizar o sonho de fazer teatro, hoje completa 84, mas seu espírito jovial tem alguns 20 ou 30 dessa moça especial.

Hoje e todo dia é dia de celebrar uma vida seleta

Uma áurea intensa e energia repleta

Feliz Aniversário menina Cleta


Tiago Ortaet

26 de Abril de 2022






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUE FILME....