ARTE-EDUCAÇÃO



Lançamento do livro Manifestus, escrito por alunos do Ensino Médio da Escola Pública E.E. Pq. Continental - Gleba I
Entrei numa sala de aula pela primeira vez no ano de 2003, ainda com 19 anos; numa escola pública da periferia da cidade de Guarulhos; para lecionar ARTES aos estudantes do 3º ano do Ensino Médio, meninos e meninas que tinham entre 17 e 19 anos e que me formaram na minha grande vocação: olho no olho para enaltecer o que temos de melhor: humanidade!

De lá pra cá foram inúmeros momentos de alegrias, lágrimas, desafios, projetos, aprendizagens e ensinamentos; sempre tendo como lema que a atitude é o melhor exemplo.
Sou um pesquisador da Arte/Educação por que compreendo a importância das artes na formação cidadã de todo indivíduo.

Atuei em 14 escolas públicas da cidade de Guarulhos, duas escolas em São Caetano do Sul e duas escolas da cidade de São Paulo nesses últimos 15 anos. Fui palestrar sobre minha prática pedagógica em 6 países, lancei dois livros e muitas exposições.

A educação e a cultura sempre serão minhas bandeiras de luta, minha ideologia de vida!!!



Lançamento do Livro Infantil "Quem tem medo do medo ?" na Livraria da Vila

Ação realizada durante  a greve dos professores de 2015
Continental Fashion Week, figurinos produzidos pelos próprios alunos

Virada Cultural independente organizada por alunos de escola pública durante 5 anos consecutivos.
Festival de Vídeo Clipes  realizado anualmente pelos estudantes
Este blog é um território dinamizado, rizomático e interdisciplinar da Arte/Educação Contemporânea que proponho na escola.

Comprovadamente pelo entusiasmo dos estudantes já rompemos as fronteiras entre o círculo escolar e a realidade por trás dos muros que nos cercam; extrapolamos os muros escolares com nossas ideias, ganhando os lares da comunidade, os pensamentos articulados dos alunos no seio familiar. Ganhamos também outros espaços virtuais e espaços nas rodas de conversa da juventude. Há mais de 2000 dias que a arte e a cultura passaram a ser noticias constantes em nossa comunidade.

As experiências de sala de aula repercutem aqui no nosso FANZINE ELETRÔNICO e muitas vezes nossas aulas não acabam quando bate o sinal, elas continuam por aqui.

Nossas inquietudes (principalmente as minhas) passeiam pelo nosso BLOG.

Esse projeto Artístico/Pedagógico em seu terceiro ano de execução é semestralmente revisto, reavaliado e replanejado para ampliar seu alcance no sentido de influenciar ainda mais positivamente no cotidiano do estudante, tendo a arte como MOBILIZADORA da aprendizagem.
Uma das principais ações desse projeto é de propiciar aos alunos uma escola em movimento e através do protagnismo e autonomia deles próprios, fundar uma POLÍTICA CULTURAL para a escola, privilegiando a arte e suas manifestações.

A PARTIR DESSA PROPOSTA CONTEMPLAMOS AS NOVAS TECNOLOGIAS E GANHAMOS MAIS UM CANAL DE COMUNICAÇÃO COM NOSSOS ALUNOS.

Outro papel relevante dessa ferramenta virtual é a potencialidade de ser um PORTIFÓLIO VIRTUAL com total possibilidade de interação dos alunos diante das ações didáticas que desenvolvo.

Construímos um núcleo centralizador e fomentador de projetos de arte na escola. Uma difusão cultural.

TODOS NÓS; ALUNOS, PAIS, PROFESSORES, DEMAIS PROFISSIONAIS E COMUNIDADE ESTAMOS CONVIDADOS A POSTAREM SEUS COMENTÁRIOS E SUGERIREM NOTÍCIAS PARA NOSSO BLOG CULTURAL.

Professor Tiago Ortaet®


Estou sempre a disposição para agregar valores em minha (nossa) comunidade!





SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO
COORDENADORIA DE ENSINO DA REGIÃO METROPOLITANA DA GRANDE SÃO PAULO
DIRETORIA DE ENSINO REGIÃO DE GUARULHOS NORTE

ESCOLA ESTADUAL PARQUE CONTINENTAL - GLEBA I

Rua Antonio Marciano, 239 Parque Continental I – Guarulhos SP 07077-170 * tel. 2485-8664
Arte/Educador Tiago Geraldo do Nascimento (Professor Tiago Ortaet)
Projeto Permanente de Arte/Educação e seus temas transversais
*arte, cultura, educação, cidadania, mídias e novas tecnologias*


BLOG CONTINENTAL CULTURAL®
*2009 – 2010 - 2011 - 2012 - 2013 - 2014 - 2015 - 2016 *


Re-apresentação do Projeto artístico - pedagógico, revisado, refletido e ampliado anualmente.


SÍNTESE DA EXPERIÊNCIA


Este projeto artístico/pedagógico foi iniciado no mês de Fevereiro de 2009 e se tornou, como já era previsto em sua gênese, uma ação permanente de fomento a iniciativas arte/educativas envolvendo alunos, pais, professores e comunidade de um modo geral.
O projeto de longo prazo é uma exploração cognitiva do espaço virtual como compartilhamento de saberes, uma vitrine das produções artísticas dos alunos, uma SALA VIRTUAL DE ARTES, um  ateliê na rede e potencialmente um poético Diário Virtual de Classe. Nele, os alunos comentam matérias sobre as aulas semanais de arte, opinam nos projetos de arte/educação, sugerem eventos, relatam experiências e também PRODUZEM MATÉRIAS CULTURAIS da comunidade escolar envolvendo temas relevantes de suas realidades. O projeto caminha para seu quinto ano de execução e passou a ter contornos de um núcleo centralizador de projetos artísticos com diferentes turmas, séries e alunos, de forma interdisciplinar, dialogando com demais áreas do conhecimento.

JUSTIFICATIVA

Havia uma lacuna de proximidade dos projetos de arte da escola com a contemporaneidade, com as sedutoras ferramentas das quais os jovens tanto manuseiam e tem tamanha habilidade.

Sustentar uma ação pedagógica com esses eixos vai de encontro com a própria proposta que a escola debate freqüentemente de relacionar o conhecimento com o meio em que o aluno está inserido.

Embasado na teoria do Sociólogo Francês Pierre Levy e nas pesquisas da Arte/Educadora Brasileira Ana Mae Barbosa, através de sua Abordagem Triangular (Ver – fazer – conhecer arte) e de outras obras como a que organizou recentemente, titulada de “INTERTERRITORIALIDADE” esta ferramenta virtual se consolidou como um meio de troca de idéias, compartilhamento de conhecimentos e abordagens dos conteúdos debatidos em sala de aula com caráter desafiador, para mobilizar os estudantes em sua criticidade e pesquisas. 
O referido projeto não se restringe aos conteúdos da grade curricular, nossa plataforma virtual agrega também um enriquecedor cardápio cultural com indicações educativas aos alunos e propostas de atividades que geralmente são muito bem aceitas.
Seu teor editorial também está embasado em notícias e atividades que fulguram a escola e seus alunos, uma possível educação interdisciplinar.

“Na escola, as artes não só devem ter seu espaço específico como disciplina do currículo, embora ensinadas por meio da experiência interdisciplinar, mas também lhes cabe transitar por todo o currículo, enriquecendo a aprendizagem de outros conhecimentos, as disciplinas e as atividades dos estudantes. Estamos falando do que oficialmente se designou transversalidade curricular, um termo que o educador espanhol César Coll copiou para os Parâmetros Curriculares Brasileiros do Currículo Nacional da Inglaterra.” Trecho do livro INTERTERRITORIALIDADE, mídias, contextos e educação, BARBOSA, Ana Mae. 2008. Ed. Senac - São Paulo.

DIAGNÓSTICO

Após pesquisa informal realizada na Unidade Escolar na primeira semana letiva de 2009, foi diagnosticado que 80% dos alunos eram freqüentadores assíduos de "LAN HOUSES" no bairro onde está situada a escola; com consentimento e autorização de seus pais.
Essa tendência só tem aumentado nos últimos anos, porém agora com vínculos mais educativos.

Na época de lançamento do projeto os alunos trouxeram um respaldo de que essas casas de internet (lan houses) eram pontos de encontro dos jovens daquela comunidade. 

Nesses acessos a internet o público escolar informou, até então, não acessar conteúdos artísticos e/ou educativos; eles declararam acessar simplesmente sites de jogos eletrônicos.

AÇÃO ARTÍSTICO/PEDAGÓGICA

A partir dessa premissa de que a internet pode ser sinônimo de aprendizado, cultura e arte, inovamos com o lançamento do BLOG CONTINENTAL CULTURAL em Fevereiro de 2009.
projeto foi redigido como um plano experimental com estratégias semestralmente revistas, mas desde sua gênese, já havia um aspecto norteador para que fosse um projeto permanente.
É uma oportuna ação para  que o adolescente tenha o hábito de acessar conteúdos que lhes proporcionem aprendizado.
Atividades em EAD absolutamente integrado aos conteúdos abordados em sala de aula. É a continuação e a complementaridade dos saberes adquiridos na escola.

Estágios da comunicação, segundo Pierry Levy
O ciberespaço no desenvolvimento da comunicação humana. São cinco estágios:
- oralidade: mitos, ritos, transmissão oral.
- escrita: memória, técnica autônoma da imagem.
- alfabeto: universalização e digitalização da escrita.
- Imprensa: reprodução técnica do alfabeto e das imagens
- Ciberespaço: ecossistema de idéias e constituição da noosfera

OBJETIVOS GERAIS

Rever conceitos sobre quem são os produtores de arte e de cultura numa abordagem plural.

Apregoar a idéia de que os estudantes podem ser produtores de arte em processo, arte como procedimento, como experiência e pesquisa.

Contemplar as quatro principais linguagens da Arte e seus temas transversais como propõem o novo Currículo da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo e concomitantemente os Planejamentos Curriculares Nacionais do MEC-Brasil.

Explorar os conteúdos em potenciais, intrínsecos às produções, estilos e linguagens das exposições que são visitadas nas instituições de arte e também, do mesmo modo àquelas que são produzidas na escola.

Estabelecer relação entre a produção estudantil em arte e a produção profissional em arte.

Gerir a capacidade fruidora do indivíduo a partir de seu repertório visual.

Proporcionar novos saberes através da arte e autenticar essa disciplina fundamental no currículo escolar como área do conhecimento e pesquisa de campo.

Trazer as proposições expostas no “CADERNO DO ALUNO” para as vivências cotidianas do PROTAGONISMO JUVENIL nesse espaço virtual.

Aproximar os alunos do ciberespaço, interagindo e conhecendo sites dos principais institutos de arte (oficiais ou não) da cidade, do estado, do país e até mesmo do mundo, sob os quais tem seus endereços eletrônicos em links no nosso blog.

OBJETIVO ESPECÍFICO

Estabelecer proximidade do “lócus” virtual com uma educação contemporânea.

CONTEXTUALIZAÇÃO

Como embasado na pesquisa realizada para produção da Proposta Curricular do Estado de São Paulo em ARTE a partir de textos do Filósofo Gilles Deleuze, o tema "TERRITÓRIO DAS ARTES" é exposto para nós como uma rede que se articula; desse modo também metaforicamente foi considerado o projeto do BLOG CONTINENTAL CULTURAL.
Uma teia flexível que se relaciona com demais campos e áreas, um espaço dialógico entre temas.

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

Prioritariamente como uma sala de aula (ateliê de arte) virtual, este blog está à disposição dos alunos e professores para abrigar informações culturais, notícias relevantes, passeios em instituições de arte/cultura e as produções plásticas, literárias, cênicas, intervencionistas, performáticas e/ou audiovisuais dos alunos.
Eleições democráticas são realizadas semestralmente para compor a equipe de articuladores de nossa plataforma cultural.
Os estudantes eleitos pelos próprios colegas são delegados a construírem com o professor uma política cultural para a escola publica que garanta a arte como área do conhecimento e pesquisa.
Essa equipe também tem o dever de fomentar o blog escolar com matérias, entrevistas, reportagens de personagens da escola, produções dos alunos e eventos organizados pelos estudantes embasados pela proposta do projeto.
Reuniões quinzenais são realizadas para pautar as ações e prioridades do projeto com a equipe de líderes culturais.
Os mega-eventos de artes como o “ACAMPAMENTO DAS ARTES – VIRADA CULTURAL” que configura uma maratona de atividades artísticas em 12 horas ininterruptas na escola são minuciosamente organizados pelas equipes de estudantes.


RELAÇÃO COM A PROPOSTA PEDAGÓGICA

Ao se tratar de uma linguagem tipicamente contemporânea o acesso ao mundo virtual que teve seu advento a pouco mais de uma década é, sem dúvida alguma, uma oportunidade que precisa ser contemplada numa proposta construtivista de interação com o meio em que se vive. Se propõe uma educação para o desenvolvimento humano (e a arte é peculiar a esta terminologia), mas para ação além da teoria é necessário estar em espaços que a juventude ocupa, seja ele real ou virtual.
Desde sua implantação o projeto vai de encontro aos propósitos do Planejamento Político Pedagógico da unidade de ensino e sendo assim passa por adaptações necessárias quando o PPP da escola é revisto pelo corpo docente, como recentemente ocorreu.

AVALIAÇÃO

Pautada numa sistematização de avaliação contínua mediante a participação e proposição de conteúdos ao espaço virtual, bem como seu envolvimento semanal nos debates em sala  de aula dos conteúdos expostos no blog e impressos  para os educandos, nosso Blog Continental Cultural fomenta de forma potencializadora as criações dos estudantes, os instigando a também se avaliarem, pois são criadores, autores e propositores.
Existem dois grandes eixos da “AVALIAÇÃO EMANCIPATÓRIA” que se pretende com esse projeto: O primeiro trata-se da dissertação “AVALIAÇÃO PESSOAL DE RENDIMENTO ESCOLAR” onde o estudante reflete inicialmente numa dinâmica teatral sua postura frente aos seus estudos e interesses, em seguida redigi um texto com suas impressões, saberes adquiridos e expressão do que julgar mais relevante.
O segundo eixo emancipatório realizado em sala de aula é a “AUTO-AVALIAÇÃO” onde numa oratória ao professor (formato dinâmico) o estudante se auto atribui um conceito numérico de 0 a 10 sobre seu envolvimento com a proposta das aulas de arte e conseqüentemente com o blog cultural, considerando critérios pré-acordados.
Sobretudo os aspectos fundamentais de avaliação do projeto passam pelo crivo do estudante e mediação do arte/educador.

RESULTADOS OBTIDOS

Após seus 12 meses iniciais além do êxito de ter o espaço virtual como um campo de debate, o projeto também tornou-se precocemente uma  vitrine consolidada das produções artísticas dos alunos. Essa iniciativa tem chamado atenção não apenas da comunidade local (alunos e seus familiares), mas também de instituições governamentais e privadas de arte, cultura e educação.
Fomos convidados a gravar um documentário para o CENTRO DE REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO MÁRIO COVAS após conhecerem nosso trabalho pela internet, tendo como tema "O mundo digital".
O material teve depoimentos dos alunos e exposição didática do projeto. A edição foi feita pela Fundação Padre Anchieta (TV Cultura) e distribuído para milhares de escolas da rede como um exemplo consolidado  de acesso digital, incentivo a leitura e democratização cultural, mesmo nas difíceis condições estruturais de implantação.

Sobretudo o resultado notoriamente obtido e de maior sucesso sem duvida é a autonomia dos alunos de escreverem matérias a partir de suas idéias para publicarem no blog, proporcionando reflexão em ambas as ações, desde os produtores das matérias culturais até os colegas leitores da escola.

Outra importante vertente do projeto é da celebração do potencial e das habilidades dos protagonistas dessa ação educativa: os alunos. Através do engajamento deles foram possíveis dezenas de eventos culturais na escola. Muitos deles até então inéditos no espaço escolar.


AÇÕES PROMOVIDAS PELO PROJETO NOS TRÊS ULTIMOS ANOS:

·         Eleições Semestrais dos Líderes Culturais 
·         Sessão Solene de Posse dos L.C´s na Câmara Municipal da cidade.
·         Reuniões dos líderes de classe ao longo do ano.
·         Fomento a visitas culturais em Centros de Arte e Cultura de São Paulo e Guarulhos
·         Matérias construídas pelos estudantes e entrevistas com personalidades culturais.
·         Sessão de fotos para matérias de arte/educação
·         Curadoria de exposições de arte na escola
·         Parcerias com grupos de teatro
·         Gravação de Documentário sobre novas tecnologias na educação com o CENTRO DE REFERÊNCIA EM EDUCAÇÃO MÁRIO COVAS.
·         Cobertura dos principais eventos internos e externos da nossa escola.
·         Debates virtuais
·         Recepção de estagiárias de Arte/Educação (desenvolveram relatório sobre a nossa prática pedagógica)
·         Recepção de estagiários de Sociologia e Artes (desenvolveram monografia sobre o processo de avaliação das aulas de arte)
·         Projeto finalista do Prêmio “Arte na Escola Cidadã”

PARTICIPAÇÕES INTERNACIONAIS DO PROJETO DE ARTE/EDUCAÇÃO

·         Exposição do projeto em palestra proferida pelo Professor Tiago Ortaet no Continente Africano “Encontro Internacional de Educação Artística” realizado pela Universidade do Porto (Portugal) e Mindelo Escola Internacional de Artes (Cabo Verde) 2010.
·         Projeto selecionado pela comissão científica para ser exposto no “Congresso Mundial de Pedagogia” em Havana – Cuba, 2011.
·         Projeto selecionado e exibido no “Encontro Mundial de Arte/Educação” INSEA WORLD CONGRESS em Budapeste – Hungria, 2011.
·         Ex-aluna da escola colunista do BLOG-ARTE como correspondente internacional em LONDRES, 2010
·         Janice Graça, Professora Africana, mestre em Arte/educação, colaboradora internacional do projeto, 2011.
·         Projeto indicado ao Prêmio Internacional EDUCAREDE pela Fundação para o desenvolvimento da Educação – FDE, São Paulo, 2011.

PRINCIPAIS AÇÕES ORGANIZADAS A PARTIR DO CONTINENTAL CULTURAL

·         Coluna Diário de Classe
Um espaço exclusivo no nosso site para profissionais da área da educação expor suas idéias sobre o cotidiano escolar. Mensalmente um professor é convidado.

·         A voz da comunidade
Um breve vídeo com opinião de algum pai ou mãe de aluno em relação a algum acontecimento da escola.

·         Intercâmbio Cultural Digital
Abertura de fóruns de debates em nosso site proporcionando um intercâmbio com outras escolas nacionais e internacionais (países de língua portuguesa)

·         Novo Layout
Nova estética da página virtual através de colaboração de grandes profissionais da área.

·         Concurso Cultural “Slogan e Logotipo”
Evento cultural destinado a criação de uma identidade visual do nosso site, promovendo a autonomia criadora dos estudantes.

·         Eleições dos Líderes Culturais
Eleições democráticas em todas as salas de aula, escolha dos representantes de cada turma escolar para serem gestores do blog.

·         Reuniões dos Líderes Culturais
Protagonismo juvenil onde os alunos eleitos adotam uma política cultural para a escola através de suas propostas, sugestões e mediações das opiniões dos colegas de classe.

·         Arte-Gleba – O blog no papel
Uma espécie de fanzine com as principais matérias semestrais do nosso blog.

  • Calendário
Para o estudante se situar com a programação de arte da escola.

  • Rádio Ortaet FM
Músicas representativas do universo juvenil da atualidade, break, psy, eletrônica e dance; para que o estudante ouça em casa, sempre que quiser.

  • Sessão Entrevista “Aluno Destaque”
Uma iniciativa para incentivar os estudantes a se destacarem com seus estudos em todas as disciplinas, ao mesmo tempo uma possibilidade de perceber características incomuns entre os destaques.

  • Discografia
Indicações de cd´s e dvd´s interessantes para os jovens.

  • Filmografia
Indicações de longas ou curtas metragens com teores educativos, culturais ou artísticos.

  • Bibliografia
Indicações de livros técnicos, poéticos, didáticos ou narrativos de arte, cultura ou educação. Referências principalmente para demais colegas de profissão.

  • Mais de 200 links para sites culturais
Indicações de sites e blogs com relevantes conteúdos culturais nacionais e internacionais.

  • Enquetes
Interatividade com o estudante e possibilidade de democratização do processo de ensino/aprendizagem.

  • Jogo peixes no oceano (metáfora)
Uma metáfora poética debatida em sala de aula e refletindo nos demais trabalhos.

  • Sessão de Imagens do mês
Uma imagem que represente cada mês – representatividade visual.

  • Sessão GLEBA-CABEÇA
Frases de grandes pensadores mundiais.

  • Canal de Videos Artísticos/Educativos
As produções dos alunos em “vídeo-arte” editados pelo professor

  • Espaço Obra Coletiva
Imagens de experiências estéticas embasadas nos CADERNOS DO ALUNO e em referências externas a escola.

  • Arquivo do BLOG
Banco de dados de todas as postagens do BLOG, desde o dia de inauguração até o dia atual, para pesquisa.

  • Sessão HTPC – Hábito de Trabalho Poético Coletivo
Orientações de que a arte pode ser um jogo coletivo de integração e exposição de peculiaridades no espaço publico da escola.

  • Sessão “Últimos Comentários”
Uma mostragem de quem são os estudantes que recentemente escreveram em nosso diário interativo.

  • Definições dos objetivos do Site
Apontamentos da proposta pedagógica exposta a toda comunidade, bem como as diretrizes artísticas para nossa ferramenta virtual.

  • Identidade Virtual – Quem sou eu?
Definições da personalidade profissional e artística do moderador do BLOG e seus estudantes.

  • Outras páginas do BLOG:
Espaço especialmente dedicado às exibições e orientações de projetos paralelos que ocorrem na escola e também um acervo virtual de imagens de arte produzidas pelos estudantes.

  • Sessão Matérias na imprensa
Links de sites que o blog-arte foi notícia para que os estudantes apreciem as matérias. Uma espécie de valorização ao reconhecimento do trabalho desenvolvido principalmente por eles.

  • Plantão de Dúvidas on line
Recurso para esclarecimento de dúvidas sobre a disciplina de artes e demais eventos artísticos na escola, através do MSN; tamanhamente familiar aos estudantes adolescentes.

  • Museu Virtual do Estudante
Projeto que propõe que a memória da escola seja muito mais através da oratória e da escrita do que simplesmente com imagens e produtos criados. Uma tentativa de se criar a cultura de valorização para um patrimônio imaterial escolar.

  • Campanhas Sociais
Semestralmente uma campanha é criada para mobilizar os alunos a respeito de algum questionamento social: Duas já foram desenvolvidas: CAMPANHA PRESENTE É GENTE e CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE GLEBA 10 ANOS – 10 TONELADAS DE ALIMENTOS.

  • Seguidores
Pessoas interessadas na proposta do BLOG que desejam acompanhar as matérias do site com um cadastro de fidelização.

  • Plantão de Notícias
Uma comissão de estudantes preocupada com a propagação de notícias referente ao cotidiano da escola. Projeto de EDUCOMUNICAÇÃO.

PRINCIPAIS EVENTOS ANUAIS PROMOVIDOS PELA EQUIPE DO BLOG:

  • Continental Fashion Week – CFW10
Em sua quarta edição o evento anual o evento desperta a conscientização para estética da moda, ao mesmo tempo quebrando paradigmas estabelecidos pela mídia e também vinvulado a consciência ambiental.

  • Campanha Gleba 11
Arrecadação de alimentos num formato de gincana cultural onde a turma que mais arrecadar é premiada com uma programação especial artística. Os donativos são doados a instituições assistenciais da cidade.

  • Video Music Gleba - VMG
Produções de vídeos com edições de clássicos da música popular Brasileira. Uma competição artística com cerimônia de premiação aos vídeos mais votados pela enquete virtual do nosso blog. Um observatório da produção cinematográfica estudantil.

  • Ciclo de Intervenções e Performances TEATRIX
Uma semana dedicada as intervenções cênicas e plásticas em nossa escola. Estudos sobre o clown e artistas contemporâneos.

  • U.É.? Unidades Estéticas
O desenho é tratado como forma simbólica de expressão da humanidade, porém nessa mostra de arte contemporânea anual, os alunos se apropriam de suportes não-convencionais para exporem suas idéias.

  • Programa Blog News
Um programa de entrevistas sem cortes, sem edições, que os próprios alunos gravam com personalidades das artes, da comunidade ou da sociedade de um modo geral, sempre tematizando a arte e a cultura.

  • Ciclo de Visitas Culturais – EXPEDIÇÕES ARTÍSTICAS
No inicio do ano letivo um calendário programático é composto para que durante todo ano os estudantes façam visitas relevantes de pesquisas em artes.

  • Acampamento das Artes – Virada Cultural
Uma maratona de atividades artísticas que contemple a multiculturalidade e a diversidade de nosso povo Brasileiro, com diferentes gêneros e linguagens das artes em mais de 14 horas ininterruptas de apresentações.

  • Sessão Cine-Teatro
Obras cinematográficas expostas aos alunos para pesquisas estéticas em diferentes contextos. Anualmente um longa metragem é pesquisado.

  • Educação-Resgate
Uma visita domiciliar é agendada quando algum dos estudantes da escola está passando por alguma grave dificuldade de vir a escola. Essa visita visa o acolhimento para que ele retorne a nossa casa do saber.

  • Formarau de Talentos
Semestralmente fazemos um grande show de talentos reunindo muita música, dança, e outras iniciativas num formato de sarau de poesias.

  • Debate-papo – Juventude.com
Uma aula por bimestre é dedicada a tratar de assuntos que os próprios jovens escolhem. Temas que impliquem diretamente na cultura jovem como sexo, drogas, liberdade, estudos, etc.

  • Halloween Arte-gleba
Tendo o personagem “SACI” do folclore Brasileiro como anfitrião, realizamos um empolgante evento juvenil de mistura das comemorações do folclore brasileiro com o de outros países.

  • Documentário Raízes
Anualmente uma seleção de imagens, vídeos e depoimentos é feita para documentar nosso projeto maior que é o Blog Continental Cultural. Esses vídeos são postados em nossa conta no canal de vídeos do youtube.

  • Exposição Brasilidade
Construção de idéias e significados dos alunos acerca do que é ser Brasileiro. Nossa primeira exposição internacional aconteceu na Mindelo Escola Internacional de Artes de Cabo Verde no Continente Africano no ano de 2010.

  • Projeto “Manifestus”
Uma ação educativa em artes que resgata a interdisciplinaridade com a Língua Portuguesa, visando formar os estudantes como contadores de histórias. Um duetto entre a realidade e ficção numa composição literária. Esses textos farão parte de um livro que será lançado ainda em 2011 em parceria com a Giostri Editora.

  • Projeto Cor-corpo
Embasado em referenciais que discutem o corpo como carga cultural esse projeto propõe discussões, debates e obras de arte dos alunos nos espaços da escola.

  • Plantão de dúvidas pelo MSN
Semanalmente o professor de Artes está a disposição dos alunos através do MSN para tirar duvidas sobre projetos, datas, conteúdos e etc.

  • Gleba Dia-Feliz
Festejos do dia das crianças com um game de perguntas e respostas sobre história, arte e cultura. As crianças de todas (de 10 a 60 anos) as idades participam.

  • BCC Convida
Recepção de grupos de teatro, artistas das mais variadas linguagens das artes e palestrantes em nossa escola, através de parcerias.

  • Unidos de Vila Gleba - GLEBELEZA
Estudos sobre o carnaval Brasileiro e suas variações de estilos.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
·         LEVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34. 2002
·         DELEUZE, Gilles. GUATTARI, Feliz. Rizomas, Mil Platôs. São Paulo: Editora 34. 2007
·         BARBOSA, Ana Mãe. Interterritorialidade: mídias, Contextos e Educação. São Paulo: Editora Senac, 2008
·         ALVES, Rubem. Conversas com quem gosta de ensinar. S. Paulo: Cortez Editora, 1991.
·         BARBOSA, Ana Mae.  Arte-Educação: conflitos/acertos. SP: Max Limonad, 1985.
·         VIGOTSKI, Liev  S. Psicologia da Arte. S. Paulo: Martins Fontes, 1998.
·         SPOLIN. Viola. Improvisação para o teatro. SP: Perspectiva, 1982.
·         REVERBEL, Olga. Um caminho do teatro na escolaSP; Scipione, 1989.
·         _______________. Oficina de Teatro. P. Alegre: Quarup, 1993.
·         _______________. Jogos Teatrais na Escola. Atividades globais de expressãoS. Paulo: Scipione, 1993.
·         IAVELBERG, Rosa. Pra gostar de aprender arte. S. Paulo: Artmed Editora, 2003.
·         MARTINS, Mirian Celeste. PICOSQUE, Gisa. Didática de Ensino da Arte. Editora FTD, 1998
·         DONDIS, Donis A. Sintaxe da Linguagem Visual. 1993

Referências Audiovisuais
·         Arte na Escola – Coleção 2010
·         Patch Adans – O amor é contagioso
·         Doutores da Alegria – O filme
·         The Kid – Charlie Chaplin
·         O Fabuloso Destino de Amelie Poulain – Warner

 

REFERENCIAIS DE ARTE/EDUCAÇÃO BY SITE 
www.artenaescola.org.br 
Associações / Fóruns

Associação Brasileira de Educação Musical 0 
A ABEM (Associação Brasileira de Educação Musical) é uma entidade nacional, sem fins lucrativos, fundada em 1991, com o intuito de congregar profissionais e de organizar, sistematizar e sedimentar o pensamento crítico, a pesquisa e a atuação na área da educação musical.


Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas 1 
A Associação Nacional de Pesquisadores em Artes Plásticas -ANPAP-, fundada em 1987, congrega pesquisadores, centros e instituições de pesquisa para promover, desenvolver e divulgar pesquisas no campo das artes plásticas. 


Federação de Arte Educadores do Brasil - Faeb 2 
A Federação de Arte Educadores do Brasil (Faeb) disponibiliza um portal como um instrumento para estimular a pesquisa, a troca e a construção do conhecimento em um ambiente virtual colaborativo. É um espaço de convivência, destinado a todos os profissionais que trabalham com o ensino de Arte no Brasil. 


Fórum Permanente: Museus de Arte; entre o público e o privado 3 
Como uma plataforma para a discussão crítica e também uma espécie de museu virtual, o Fórum pretende gerar reflexões e ações em torno do papel do Museu de Arte em tempos de espetacularização e virtualização da cultura. Há ainda um objetivo subliminar e formativo: o de contribuir, de forma significativa e mobilizadora, para o amadurecimento do contexto político-cultural das artes visuais em nosso país, por meio do incentivo de intercâmbios culturais, dentro e fora de suas fronteiras nacionais. 


Grupo de Pesquisa Práticas de Ensino e Aprendizagem da Música em Múltiplos Contextos 4 
O Grupo de Pesquisa Práticas de Ensino e Aprendizagem da Música em Múltiplos Contextos, fundado em maio de 2004, tem atuado significativamente em trabalhos de pesquisa que se inter-relacionam a propostas de ensino e extensão. O seu principal objetivo é compreender práticas de ensino e aprendizagem da música, considerando as especificidades de cada contexto sócio-educacional e as múltiplas perspectivas que caracterizam a transmissão musical nos seus diferentes universos culturais. 


Rede Nacional de Extensão - Renex 5 
A Rede Nacional de Extensão, RENEX, iniciativa do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, mantém cadastro atualizado das instituições de ensino superior integrantes, divulga ações extensionistas universitárias e coordena o Sistema Nacional de Informações de Extensão, SIEX/Brasil, banco de dados sobre as práticas de extensão no País.



Audiovisual

Ensino da arte: Um espaço poético - Por Greice Cohn (arte-educadora) 6
O vídeo descreve um método de trabalho desenvolvido no ensino da arte e se apresenta como um arquivo audiovisual do conjunto de práticas vividas numa escola pública do Rio de Janeiro, onde o encontro com a arte contemporânea, permeado pelo desenvolvimento de parcerias entre escola, artistas e galeria, nos permite apresentar o ensino da arte como um espaço poético. 



Bibliotecas

Biblioteca Digital de Obras Raras 7 
É possível encontrar livros completos digitalizados, como um de Lavoisier editado no século XIX. 


Biblioteca Digital de Teses e Dissertações 8 
Textos integrais de parte das teses e dissertações apresentadas na USP.


Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro 9 
A Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro - um projeto da Escola do Futuro da USP - oferece textos, imagens e sons sobre diferentes temas. São obras de literatura, textos que podem ser lidos a partir de um aparelho de palm, reproduções de obras de arte, vídeos, além do áudio de entrevistas, sons de instrumentos em MP3 ou canções infantis. Em Imagens, a seção de Arte traz a reprodução de pranchas (Desenhos) de Jean Baptiste Debret relatando sua “Viagem Pitoresca e Histórica pelo Brasil”. 


Bibliotecas do Centro Cultural São Paulo 10 
Biblioteca Alfredo Volpi, Biblioteca Louis Braille, Biblioteca Sergio Milliet, Gibiteca Henfil, Sala de Leitura infanto-juvenil.


Coleção Aplauso 11 
Neste site você encontra biografias de artistas, cineastas e dramaturgos além de roteiros de cinema, peças de teatro e a história de diversas emissoras de TV. Todo esse acervo digital pode ser acessado gratuitamente. 


Rede Nacional de Extensão - RENEX 12 
A Rede Nacional de Extensão, RENEX, iniciativa do Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras, mantém cadastro atualizado das instituições de ensino superior integrantes, divulga ações extensionistas universitárias e coordena o Sistema Nacional de Informações de Extensão, SIEX/Brasil, banco de dados sobre as práticas de extensão no País.



Editoras / Publicações

Companhia Editora Nacional 13 

Administrando um vasto catálogo e implementando novos projetos nas áreas de paradidáticos, literatura e divulgação científica, com a intenção de fornecer subsídios para alimentar a comunidade de leitores brasileiros, a Companhia Editora Nacional relança algumas das obras mais importantes de seu acervo de literatura infanto-juvenil, além de novos livros que divertem e proporcionam às crianças o contato com textos de qualidade. 


Cosmogolé 14 
Revista virtual sobre a obra do artista Hélio Oiticica, voltada para o público infantil, traz artigos, entrevistas, fotos e vídeos.


Crátilo - Revista de Estudos Lingüísticos e Literários 15

Publicação on-line destinada à pesquisa e publicação dos alunos da graduação na área de humanas, indexada e que conta com um conselho editorial extremamente qualificado; professores de dez universidades federais do país e dois universidades estrangeiras.


Cultura Acadêmica Editora 16 
Criado pela Fundação Editora da Unesp, o site reúne livros originalmente previstos para o formato digital, com acesso gratuito, nas áreas de Ciências Humanas, Ciências Sociais e Aplicadas, Linguística, Letras e Artes. 


Editora ARTMED 17 
Editora especializada em livros para a formação universitária e profissional, com vários títulos nas áeas de arte e educação. Acesso, também, à revista Pátio, especializada na formação e atualização docente.


Editora Unesp 18 

Inaugurada em agosto de 1987, a Editora UNESP, braço editorial da Universidade Estadual Paulista (UNESP), em 1996, transformou-se, por decisão do Conselho Universitário, em Fundação Editora da UNESP (FEU). A construção de uma Editora acadêmica objetivou: contribuir para a modernização e o alinhamento da UNESP com as grandes universidades brasileiras e internacionais; ser uma vitrine da Universidade perante a sociedade; exercer, ao lado da melhor tradição universitária ocidental, a missão de publicar livros e periódicos científicos relevantes para o desenvolvimento da ciência e da cultura universal. 


Educação Musical Escolar 19 
A publicação traz entrevistas e reportagens dos programas televisivos que compuseram a série Educação Musical Escolar, apresentada pela TV Escola, por meio do programa Salto para o Futuro. A iniciativa se alinha aos objetivos da Lei n.11.769/08, que torna obrigatório o ensino da música nas escolas, definindo o ano de 2011 como a data limite para a sua implantação. Nela professores e professoras encontrarão possibilidades de reflexão sobre a prática da educação musical nas escolas.


Oiticica – A Pureza É um Mito 20 
Após a exposição Hélio Oiticica – Museu É o Mundo o Itaú Cultural reuniu em uma revista virtual artigos, entrevistas, fotos e vídeos sobre a obra do artista.


Revista Carta na Escola 21 
A Carta na Escola traz matérias publicadas no mês anterior pela revista Carta Capital, comentadas e aprofundadas por especialistas. Além disso, há sugestões de atividades pedagógicas, exercícios e indicação de material adicional, voltados ao Ensino Médio.


Revista Dasartes 22 

Revista bimestral distribuída em nove capitais brasileiras, tem como tema exclusivo as artes visuais e que contempla uma seção voltada para a arte-educação.


Revista Digital Art& 23 
A Art& uma publicação digital, indexada, semestral, independente, destinada à divulgação científica de pesquisas e projetos em Ensino de Arte, que conta com o apoio e colaboração de vários e reconhecidos profissionais da área, abrangendo suas mais variadas formas. O objetivo principal é publicar trabalhos que possam contribuir com o debate acerca de temas voltados para as questões das Artes em geral e, em especial, as questões relativas ao Ensino de Arte. 


Revista Digital do LAV – Laboratório de Artes Visuais 24 
A Revista Digital do Laboratório de Artes Visuais da Unviersidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul, e outras publicações do LAV podem ser acessadas a partir do site do Laboratório. 


Revista Eletrônica MAC CE - Ação Educativa 25 
A página da Ação Educativa do Museu de Arte Contemporânea do Ceará na Revista Eletrônica MAC CE é um espaço virtual, livre e criativo, que pretende aproximar o museu de seu público mais jovem e trazer o universo da arte contemporânea para mais perto. 


Revista Marcelina 1 [antropofágica] - ano 1 nº1 2008 26 
Publicação semestral do Curso de Mestrado em Artes Visuais da Faculdade Santa Marcelina (FASM). Caracteriza-se por ser um espaço de divulgação das pesquisas da pós-graudação, a fim de agiliar a troca de ideias e o debate.


Revista Marcelina 2 [ficções] - ano2 . nº2 . 2009 27 
Publicação semestral do Curso de Mestrado em Artes Visuais da Faculdade Santa Marcelina (FASM). Caracteriza-se por ser um espaço de divulgação das pesquisas da pós-graudação, a fim de agiliar a troca de ideias e o debate.


Revista Marcelina 3 [eu-você etc ] - ano 2 . nº3 . 2009 28 
Publicação semestral do Curso de Mestrado em Artes Visuais da Faculdade Santa Marcelina (FASM). Caracteriza-se por ser um espaço de divulgação das pesquisas da pós-graudação, a fim de agiliar a troca de ideias e o debate. 


Revista Nova Escola 29 
Publicação direcionada aos professores, traz indicações de livros, entrevistas, agenda de eventos e matérias sobre os principais temas da Educação.


Revista Para Viver Juntos 30 
Uma publicação que tem como objetivo contribuir para a reflexão de assuntos relevantes para o dia-a-dia da escola e do professor. Conteúdo na íntegra disponível em PDF.


Revista Pátio 31 

A Pátio - Revista Pedagógica, publicada pela ARTMED, é um importante veículo de atualização e formação para os profissionais de educação. Há 10 anos aborda temas centrais emergentes nas salas de aulas e meios acadêmicos do país e do exterior e socializa os conhecimentos de ponta e as experiências bem sucedidas de educadores de renome e grande prática pedagógica, oriundos de todos os Estados brasileiros e dos grandes centros mundiais. 


Revista Professor Sassá 32 
Uma publicação com atividades práticas para desenvolver em sala de aula e em casa. A revista Professor Sassá trabalha conceitos disciplinares de uma forma lúdica e criativa, além disso tem como diferencial o uso de matéria-prima reciclável para compor as idéias publicadas. 


Viso · Cadernos de estética aplicada 33 
Trata-se de uma publicação virtual quadrimestral que pretende incentivar uma participação mais direta de pesquisadores ligados à área de estética no debate público sobre a arte.



Museus / Galerias

29ª Bienal de São Paulo 34 
A 29ª Bienal de São Paulo está ancorada na idéia de que é impossível separar arte e política. O título dado à exposição, Há sempre um copo de mar para um homem navegar – verso do poeta Jorge de Lim​a tomado emprestado de sua obra maior, Invenção de Orfeu –, sintetiza o que se busca com a 29a Bienal de São Paulo: afirmar que a dimensão utópica da arte está contida nela mesma, e não no que está fora ou além dela. Sob a curadoria de Stela Barbieri, o Projeto Educativo da 29ª Bienal de São Paulo oferece atividades e materiais de formação variados para públicos diversos e foi estruturado em três etapas, incluindo ações antes, durante e depois da mostra. 


Casa das Artes 35 
Uma galeria com quatro salas com reproduções de obras de diversos artistas, um boletim informativo mensal, além da oportunidade de escolher e adquirir gravuras on-line são alguns dos atrativos do site da Casa das Artes. 


Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura 36 

O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura é uma infra-estrutura completa para o exercício do lazer e da arte. São 30 mil metros quadrados de área para vivenciar a arte e a cultura, com atrações como o Memorial da Cultura Cearense, o Museu de Arte Contemporânea, o Teatro Dragão do Mar, entre outras.


Cultura-e - Banco do Brasil 37 
O site do Centro Cultural Banco do Brasil possui informações sobre os Centros Culturais de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo com a programação mês a mês destas cidades.Informa ainda sobre o Circuito Cultural, que leva o que os Centros Culturais Banco do Brasil têm de melhor para várias cidades do país.Contém também a Revista Veredas, veículo mensal para divulgar a arte e o pensamento, através de um jornalismo cultural informativo e interpretativo de qualidade, aberto à cena artística e intelectual contemporânea. 


Escola São Paulo 38 

A Escola São Paulo é uma iniciativa inovadora na área de educação no Brasil. Dedicada a reflexão, conhecimento e produção de cultura contemporânea, atende interessados em cinema, vídeo, literatura, música e mais. No espaço há biblioteca, dvdteca, cdteca, café, restaurante e lojas. O projeto da Escola é ser um local para estudo e pesquisa com acesso gratuito aos acervos.


Espaço Itaú Cultural 39 
Site com informações sobre eventos culturais no Espaço Itaú Cultural, nas áreas de artes visuais, cinema e vídeo, dança e teatro, literatura, música, mostras virtuais e educação. 


Hotsite da exposição Ocupação de Nelson Leirner 40 
Para quem visitou a exposição, em cartaz de maio a junho de 2009, no Itaú Cultural, em São Paulo, e quer saber mais e para quem não pôde visitar, é possível conferir galeria de imagens das obras expostas e texto do curador, além de entrevistas inéditas com ex-alunos de Leirner.


Margs 41 

O Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli é o principal museu de arte do Estado e um dos mais importantes do país. Seu acervo reúne quase três mil obras de artistas nacionais e internacionais. Constitui-se numa referência obrigatória para o estudo, conservação e divulgação da arte no Rio Grande do Sul, compondo um panorama abrangente de quase todos os movimentos artísticos que se desenvolveram na região, desde meados do século XIX até a contemporaneidade. 


MASP 42 

O visitante pode apreciar no edifício da Avenida Paulista, obras da escola italiana como Rafael, Andrea Mantegna, Botticceli e Bellini; de pintores flamengos como Rembrandt, Frans Hals, Cranach ou Memling. Entre os espanhóis estão Velazquéz e Goya. Do movimento impressionista, encontramos várias obras de Renoir, Manet, Monet, Cézanne e Degas. Dos pós-impressionistas é possível apreciar vários quadros de Van Gogh ou de Toulouse-Lautrec. Um dos destaques do acervo é o espaço dedicado à coleção completa de esculturas de Edgar Degas. Uma coleção de bronzes, feitos em tiragem de 73 peças, só pode ser vista integralmente no Masp e em poucos museus como no Metropolitan em New York, ou no Museu D`Orsay em Paris. 


Museu Alfredo Andersen 43 

A pintura “Duas raças”, presente no arte br, de Alfredo Andersen, faz parte do acervo do museu que tem o nome do artista e que fica na capital do Estado do Paraná. Além de artista, Andersen era professor de Arte. Sua escola funcionava em sua residência que, posteriormente, foi transformada em museu para abrigar suas obras e as de seus discípulos. 


Museu Casa de Portinari 44 
A visita ao museu permite vislumbrar a história de Candido Portinari. O site apresenta um pouco da história de sua família, infância e detalhes de toda sua existência. 


Museu da Imagem e do Som - MIS 45 

Inaugurado em 1965 pelo então governador do estado da Guanabara, Carlos Lacerda, como parte das comemorações do IV Centenário da cidade do Rio de Janeiro, o MIS lançou um gênero pioneiro de museu audiovisual que seria seguido por outras capitais e cidades brasileiras, além de ter se constituído num centro cultural de vanguarda nas décadas de 60 e 70 do século XX, lugar de encontros e lançamentos de idéias e novos comportamentos.


Museu de Arte Brasileira da FAAP 46 

O acervo do MAB reúne cerca de 2.500 obras de artistas brasileiros e estrangeiros aqui radicados. Abrange algumas produções coloniais, como um altar em talha dourada e nomes representativos do pré-modernismo como Pedro Alexandrino e Belmiro de Almeida. Congrega um conjunto precioso de artistas ligados ao Modernismo como é o caso de Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral, Brecheret, Ismael Neri, Goeldi e Anita Malfatti. Dessa última convém destacar a presença do "Homem das Sete Cores", obra que participou da Semana de 22. 


Museu de Arte Contemporânea da USP 47 

Além de informações sobre o museu e suas exposições, o usuário encontra, no link "Projetos", um interessante roteiro de visita virtual ao acervo do museu. O projeto "Arte do Século XX – Visitando o MAC na Web" oferece textos e imagens sobre as principais correntes artísticas do século XX. 


Museu de Arte Contemporânea de Curitiba 48 
O Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC/PR) tem por finalidade recolher, abrigar e preservar as obras dos mais representativos artistas brasileiros, em especial paranaenses, além de amparar, estimular e divulgar a criação contemporânea nas suas diferentes modalidades. Também promove intercâmbio cultural e artístico com outras entidades congêneres do país e do exterior. 


Museu de Arte Contemporânea de Niterói 49 
O prédio do MAC de Niterói, projetado por Oscar Niemeyer, é o primeiro espetáculo para o usuário. No site da instituição, é possível encontrar informações – incluindo plantas – sobre essa estrutura de quatro pavimentos, além de imagens de algumas peças do acervo do museu. 


Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará 50

Inaugurado em 1961, o museu desenvolveu progressivamente uma política de difusão das produções artísticas através de uma abertura permanente aos eventos temporários bem como vem abrindo caminhos pedagógicos para o ensino do desenho da pintura e da gravura, sendo nesta área um dos pioneiros no Estado.


Museu de Arte de Santa Catarina 51 

Com mais de cinqüenta anos de história, o Museu de Arte de Santa Catarina – MASC – possui em seu acervo uma retrospectiva da arte catarinense e uma significativa coleção da arte nacional com informações sobre as obras e os artistas. Na coleção nacional figuram nomes como Di Cavalcanti, Portinari, Djanira, Emeric Marcier, Volpi, Tarsila do Amaral, Guignard, Pancetti, Scliar, Iberê Camargo, Tomie Ohtake, Aldo Bonadei, Mário Zanini, Lula Cardoso Ayres, Krajcberg, Antonio Maia, Marcelo Grassmann, Fayga Ostrower, Antonio Henrique Amaral e Lívio Abramo.


Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo 52 
Inaugurado em 1986, o Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo atualmente pertencente ao Instituto de Letras e Artes (ILA) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Seu acervo possui as coleções: Leopoldo Gotuzzo, Faustino Trápaga, Dr. João Gomes de Mello, Marina, entre outras. 


Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães 53 

O museu foi criado pela Prefeitura do Recife, em 1997, com o objetivo de transformar a Galeria Metropolitana de Arte Aloísio Magalhães – instituição atuante desde o início da década de 1980 – em centro de referência da produção moderna e contemporânea das artes visuais brasileiras. Dos quase 900 trabalhos que compõe o acervo do MAMAM, destacam-se o conjunto de 11 telas de Vicente do Rego Monteiro e a série “Cenas da Vida Brasileira”, de autoria de João Câmara. O museu mantém um trabalho de ação educativa e de intercâmbio com outros museus, galerias e instituições culturais.


Museu de Arte Moderna da Bahia 54 
O Museu de Arte Moderna da Bahia - MAM-BA foi inaugurado em 1960, no foyer do Teatro Castro Alves, e, em 1966, instalado no “Solar do Unhão”, edificação erguida no século XVII em sítio histórico de Salvador. À beira-mar, sua arquitetura ímpar em zona urbana, com casa-grande, capela, fábrica, senzala, aqueduto, chafariz e cais de desembarque, constituiu presença marcante na história cultural baiana e transformou-se em um símbolo de opulência da arquitetura colonial no século XVIII. 


Museu de Arte Moderna de São Paulo 55 
Nesse site é possível visualizar obras do MAM-SP. Além disso: a história do museu, programação e exposições temporárias. 


Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro 56 

Além de informações sobre a história, o acervo e a programação do museu, o site apresenta uma galeria virtual onde é possível conhecer algumas das obras mais importantes do acervo da instituição. 


Museu Imperial 57 
Criado pelo presidente Getúlio Vargas em março de 1943, a instituição localiza-se na antiga casa de férias da família imperial, em Petrópolis. No link "Museu Interativo" é possível realizar um passeio virtual por suas salas e ver algumas peças de acervo. 


Museu Lasar Segall 58 

Idealizado por Jenny Klabin Segall – viúva de Lasar Segall –, o museu foi criado em 1967 por seus filhos Mauricio Segall e Oscar Klabin Segall. Além de seu acervo museológico, o museu constitui-se como um centro de atividades culturais, oferecendo programas de visitas monitoradas, cursos nas áreas de gravura, fotografia e criação literária, projeção de cinema, e ainda abriga uma ampla biblioteca especializada em artes do espetáculo e fotografia.


Museu Nacional de Belas Artes 59 

As pinturas “Acidente de trabalho”, de Eugênio Sigaud e “Baile à fantasia”, de Rodolfo Chambelland (Caderno Festa), presentes no arte br, podem ser vistas nesse museu, que nasce da antiga Academia Imperial de Belas Artes, fundada em 1826 pelo príncipe-regente D. João VI. O museu foi criado em 1937 e herdou todas as obras da Pinacoteca Artística Francesa. Seu acervo é constituído principalmente por obras dos séculos XVII, XVII e XIX.


Museu O Mundo Ovo de Eli Heil 60 
O Museu “O Mundo Ovo de Eli Heil” abriga o acervo da prestigiada artista plástica brasileira Eli M. Heil, com exposição permanente de suas obras. Possui três espaços de exposição: a “Sala de Exposição”, a “Sala de Esculturas” e o anexo que abriga a obra “Presépio”. Nos jardins do museu estão expostas, ainda, várias esculturas, com destaque para o conjunto de obras denominado “O Paraíso”. 


Museu Regional de Vitória da Conquista 61 

As Salas de Artes Plásticas, destinadas a exposição permanente do acervo do Museu Regional e coletivas ou individuais programadas, Funcionam na sala principal (sala de visitas) da Casa Henriqueta Prates e em dois quartos anexos. A casa de Henriqueta Prates, a exemplo de algumas que restaram do centro histórico de Conquista, possui as características formais comuns à arquitetura física colonial brasileira, nos séculos XVII e XVIII e primeira metade do XIX. O Museu Regional procura reproduzir a cozinha típica da classe média da região por volta do final do século XIX até meados do século XX.


Museu Virtual da UFRGS 62 
Inaugurado em 1997, o museu apresenta exposições, acervos, atividades de formação e divulgação institucional. 


Museu Virtual de Arte Brasileira 63 
Antônio Dias, Arcângello Ianelli, Cláudio Tozzi, Iberê Camargo, Rubens Gershman e Siron Franco. Esses são apenas alguns dos artistas que integram o Museu Virtual de Arte Brasileira. O projeto ainda oferece textos sobre ciência e arte e links de instituições artísticas da América Latina. 


Pinacoteca 64 

Conheça o site do museu de arte mais antigo da cidade de São Paulo que administra também a Estação Pinacoteca. Destaque para as ações educativas a partir das obras do acervo e para os Encontros com professores promovidos o ano inteiro e gratuitos. 


UNIVERSIA - passeios virtuais 65 
A partir do site é possível ter acesso às visitas on-line oferecidas por museus ou a grandes exposições temporárias. É possível acessar links de importantes mostras como "Renoir - O Pintor da Vida", realizada em 2002 pelo MASP e "Gaudí - A procura da forma", que esteve em cartaz em 2004 no Instituto Tomie Ohtake. Vale a visita!


Website educativo do Museu Victor Meirelles 66 
A qualquer momento o público do MVM pode acessar os recursos educativos por meio do website educativo que oferece agendamento de visitas on-line, jogos, espaço de interação com a equipe do MVM, dentre outras informações.



Organizações do Terceiro Setor

Associação Comunitária Monte Azul 67 
No Espaço Gente Jovem são oferecidas atividades complementares às escolas convencionais: jogos educativos, teatro, pintura e modelagem, trabalhos manuais, música, excursões, reforço escolar, entre outros. Este trabalho pedagógico procura oferecer às crianças um espaço que possibilite o desenvolvimento do senso moral e estético, de força de vontade e criatividade. 


Associação Meninos do Morumbi 68 
As atividades relacionadas com os cursos de artes da Associação trazem possibilidades de informações e fornecem instrumentos para ampliação da cultura geral brasileira e de outros paises. 


Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento - CPCD 69 
O Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento - CPCD, fundado em 1984, em Belo Horizonte/MG, tem a missão de promover a educação popular e o desenvolvimento comunitário a partir da cultura, tomada como matéria-prima de ação institucional e pedagógica. 


Edisca 70 
A Escola de Dança e Integração Social para Criança e Adolescente tem como missão promover o desenvolvimento humano de crianças e adolescentes visando formar cidadãos sensíveis, criativos e éticos através de uma pedagogia transformadora com centralidade na arte.


Fundação Bunge 71 
Criada em 1955, a entidade elegeu a área de educação como foco de atuação e tem como missão contribuir para o desenvolvimento da cidadania por meio de ações de valorização da educação e do conhecimento. Entre elas está o Prêmio Professores do Brasil que valoriza experiências desenvolvidas em sala por educadores da rede pública, de todos os ciclos do ensino básico, que contribuam para a qualidade do ensino no País.


Fundação Gol de Letra 72 
O Programa Virando o Jogo tem como proposta ampliar o universo cultural e estimular o prazer pelo aprendizado por meio da arte-educação (dança, música, teatro e dança), do apoio à escolarização (leitura e escrita e informática), da educação física,além da biblioteca e brinquedoteca.


Fundação Orsa 73 
O Programa Formação da Fundação Orsa mantém oficinas de linguagens artísticas, dança, teatro, conhecimento e esporte que proporcionaram a criação de grupos que possuem destaque no cenário nacional. Os resultados comprovam a eficiência dos métodos de arte-educação na construção da cidadania e no desenvolvimento cultural de crianças e adolescentes. 


Grupo Cultural AfroReggae 74 
O grupo surgiu em 1993 com a missão de promover a inclusão e a justiça social, utilizando a arte, a cultura afro-brasileira e a educação como ferramentas para a criação de pontes que unam as diferenças e sirvam como alicerces para a sustentabilidade e o exercício da cidadania.


idanca.net 75 
Projeto sem fins lucrativos criado para ser um canal de democratização e intercâmbio da informação sobre dança contemporânea. 


Instituto Ayrton Senna 76 
O Programa Educação pela Arte, do Instituto Ayrton Senna, apresenta o "apreciar e fazer Arte" como uma forma de educar para desenvolver potenciais e permitir que cada um encontre o que tem de melhor, ampliando suas possibilidades de realização como cidadãos e futuros profissionais. 


Instituto Moreira Salles 77 
Fundado por Walther Moreira Salles (1912-2001) e mantido pelo Unibanco, o Instituto Moreira Salles é uma entidade civil sem fins lucrativos, criada em 1990, que tem por finalidade exclusiva a promoção e o desenvolvimento de programas culturais. Cinco são as suas principais áreas de atuação: fotografia, literatura, cinema, artes plásticas e música brasileira.


Obra do Berço 78 
A Obra do Berço tem como missão promover ações educativas, culturais, sociais e de saúde à criança, ao adolescentes e suas famílias, visando a formação de um ser humano participativo e consciente de seu papel de cidadão. 


Projeto Axé 79 
O Axé superou o conceito instrumental da arte na educação, para o de que a arte é educação, após observar e refletir sobre os processos que a arte deflagra nos seus educandos. São três as formas de acesso à arte no Axé: O aprendizado teórico e técnico; o conhecimento e a sensibilização e o deleite e a fruição.


Se essa rua fosse minha 80 
O projeto "Dando bola pra vida", educadores vão ao encontro dos meninos e meninas de rua e, por meio de atividades de artes e esporte, estabelecem uma relação de acolhimento e confiança, convidando-os a freqüentar o Centro de Formação mantido pela organização e estimulando a construção de alternativas à vida nas ruas.



Pesquisa (novo)

Avaliação do Projeto Arte na Escola 81 
Apresenta os resultados da avaliação do desempenho dos alunos da 8ª série nas provas de língua portuguesa e matemática das escolas públicas nas quais há o ensino de arte realizado por professores que participam do Projeto Arte na Escola (abril/ 2011).



Portais de Informação

ASSOBIO49 82 
Uma verdadeira oficina de música para crianças, pré-adolescentes e todos aqueles interessados em vivenciar novas experiências sonoras, o programa é apresentado por Pedro Paulo Salles, professor e pesquisador do Departamento de Música da ECA-USP, especialista em educação musical e etnomusicologia, que também assina a criação, a produção e o texto do programa, e por Julia Stange, uma menina de 10 anos de idade com a musicalidade à flor da pele.


Banco de Dados do Arquivo Multimeios do Centro Cultural São Paulo 83 
O Arquivo Multimeios abriga em seu acervo cerca de 900.000 documentos escritos, sonoros e visuais referentes às seguintes manifestações da arte brasileira contemporânea que acontece em São Paulo: Arquitetura, Artes Cênicas (Circo, Dança, Teatro), Artes Gráficas, Artes Plásticas, Cinema, Comunicação de Massa (Publicidade, Imprensa, Radio e Televisão), Fotografia, Literatura e Música. 


Banco de dados sobre Dança do Centro Cultural São Paulo 84 
O sistema de busca, via internet, possibilita pesquisas por nome da companhia, nome da coreografia, ano e fotógrafo.


Banco de Peças Teatrais do Centro Cultural São Paulo 85 
O Banco de peças do CCSP oferece informações sobre os textos da dramaturgia brasileira e estrangeira, em língua portuguesa, do acervo da Biblioteca Sérgio Milliet. O Banco contém índices de autor, título, gênero e número de personagens (femininos e masculinos).


Banco Internacional de Objetos Educacionais 86 
O Ministério da Educação em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia oferecem um repositório de recursos multimídia com mais de 3.000 objetos já publicados. Entre eles estão imagens, áudio, animação, vídeo, etc. As pesquisas podem ser feitas por nível de ensino ou tipo de recurso, por exemplo. Confira!


Centro de Referência em Educação Mario Covas 87 
O Centro de Referência em Educação Mario Covas - C R E - , idealizado pela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo, tem como objetivo ser um referencial pedagógico de excelência na disseminação da informação educacional. Para isso, conta com um acervo documental que poderá ser consultado fisicamente, em sua sede, ou acessado virtualmente pelo site.


Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular 88 
Além de museu, biblioteca, espaços de exposição, ações de pesquisa, programa educativo (com assessoria ao professor), o Centro, localizado no Rio de Janeiro, oferece, via internet, acesso a acervos digitais com catálogos/sala do artista, base de dados sobre artistas populares, além de arquivos para download sobre arte e artesanato. Confira!


Cores Primárias 89 
Site oferece textos informativos, ensaios e críticas produzidos por institutos especializados e entidades culturais sobre a história de artistas e de suas obras, além de uma agenda de cursos e palestras.


Curta na Escola 90 
O site oferece um conjunto de ferramentas interativas dedicadas a promover o uso dos curtas-metragens brasileiros na educação. Os professores cadastrados utilizam o espaço para compartilhar suas vivências em torno da utilização dos curtas em sala de aula através de comentários aos filmes, discussões no fórum e, principalmente, do envio de relatos de suas experiências com a exibição de filmes aos alunos.


Dia-a-dia Educação 91 
O Portal Educacional do Estado do Paraná oferece um banco de artigos, teses, dissertações e monografias sobre Arte. Confira!


eBooksbrasil 92 
Livros eletrônicos gratuitos em diversos formatos. 


Educarede 93 
Portal destinado a alunos e professores. Para professores, apresenta "dicas" que podem ser utilizadas para desenvolver situações de aprendizagem. Possui material de apoio para projetos educacionais na seção "Ensinar a Aprender" e remete a links educativos indicados no "Educa Links".


Fundação Iberê Camargo 94 

Informações sobre o artIsta Iberê Camargo, programa educativo, ações promovidas pela Fundação Iberê Camargo, agenda cultural, sugestão de links.


Google Acadêmico 95 
Sistema de busca do Google que só traz como resultado da pesquisa trabalhos acadêmicos.


Google Livros 96 
Sistema de busca do Google especializado em livros. Os resultados da pesquisa dão acesso a livros completos ou trechos, dependendo da obra, e informações de onde comprar.


História da Arte 97 
Textos resumidos sobre a história da arte no Brasil e no mundo, da pré-história ao modernismo. Conta com linha de tempo, material para didático infantil, e noticioso de exposição de arte que ocorrem no Brasil. 


Klick Educação 98 
Portal de educação voltado para estudantes, educadores e pais. Possui informações e propostas de atividades para diversas áreas do conhecimento. Em artes, matérias sobre representantes das mais variadas categorias e áreas, informações sobre museus, movimentos artísticos, propostas de atividades em sala de aula, material para pesquisas, informações sobre cursos de capacitação de docentes, etc. 


Letras & Leituras 99 
Letras & Leituras é um programa conduzido pela jornalista Mona Dorf, no ar pela rádio Eldorado (92,9 FM - São Paulo) diariamente às 11h30. Durante o programa, a apresentadora Mona Dorf conduz entrevistas com artistas, músicos, profissionais liberais, gente como José Mindlin, o economista Eduardo Giannetti, o maestro Roberto Minczuk, o psicanalista Jorge Forbes, jornalistas como Arthur Nestrovsky, Mônica Waldvogel, mesclados com autores consagrados e iniciantes, livreiros e editores, leitores/ouvintes anônimos. No portal, é possível ouvir algumas destas entrevistas em formato podcast. 


Mapa das Artes 100 
No Mapa das Artes você encontra informações sobre museus, centros culturais, galerias, escritórios de arte, espaços institucionais, ateliês e artistas de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Manaus. Confira!


Mingau Digital 101 
Voltado para crianças de 7 a 13 anos, o site infantil Mingau Digital é também uma fonte de informação para pais e professores. O professor vai encontrar dicas sobre maneiras de utilizar as seções e jogos do site em sala de aula, além de cadernos de atividades, guias de estudo e vários outros materiais que podem ser baixados para o computador da escola. 


MultARTE Cultura Brasileira 102 
Literatura, música, fotografia, sociedade, criança, personalidades brasileiras, são alguns dos temas abordados no site dedicado à cultura brasileira, arte e cidadania. 


MUSEU PARA TODOS 103 
Trata-se de um Espaço Virtual Pedagógico criado para garantir o acesso de diferentes públicos à Arte e ao Patrimônio, por meio de processos educativos qualificados desenvolvidos na Pinacoteca do Estado de São Paulo. Seu objetivo é ser um apoio à construção e desenvolvimento de projetos em educação formal, tendo a arte e o patrimônio como núcleos de articulação interdisciplinar. Possui um banco de textos e links para referência de pesquisa dos professores; material de apoio pedagógico produzido pela Pinacoteca, e disponível para download, além de um fórum para discussão e orientação de projetos pedagógicos. Para acessar o espaço é necessário se cadastrar.


NET Educação 104 
Há um ano no ar, o portal NET Educação reúne uma série de informações voltadas para a orientação do professor. São artigos, planos de aulas, planejamento de cursos, uma infoteca com dicas sobre sites, comentários de filmes que podem auxiliar o professor em sala de aula, um fórum de discussão para a troca de experiências e muito mais. Professores, escolas e também alunos podem se cadastrar no site para ter acesso a todos os recursos que ele oferece como uma newsletter. 


PONTO DE ENCONTRO - Educadores em rede 105 
Ambiente colaborativo de NOVA ESCOLA ON-LINE, criado para promover a troca de experiências entre professores e demais profissionais da Educação. É possível participar de comunidades, fazer consultas ou fornecer recursos didáticos e teóricos que visam melhorar a prática de sala de aula. Além de ter acesso a artigos e reportagens e interagir com colegas de todo o mundo.


Portal Artes 106 
Obras, biografias, notícias, eventos,artitgos, exposição e cartões virtuais, fórum de discussão e até um dicionário da arte são exemplos do que pode ser encontrado neste portal. Vale a visita. 


Portal Cultura infância 107 
Dirigido a pesquisadores, educadores, pedagogos, psicólogos, pais, artistas, gestores de cultura, oficineiros, pensadores e interessados de uma maneira geral, o Portal Cultura infância pretende reunir num mesmo espaço virtual, o maior número de informações possível a respeito do universo da criança, considerado a partir dos seguintes aspectos: arte, cultura, comunicação e educação. 


Portal do Professor 108 
Criado pelo Ministério da Educação, o Portal do Professor oferece orientações ao professor organizadas nas seguintes áreas: Espaço da Aula, Jornal do Professor, Recursos Educacionais, Cursos e Materiais, Interação e Colaboração e Links. 


Portal Domínio Público 109 
Lançado em novembro de 2004, o "Portal Domínio Público" é um ambiente virtual que permite a coleta, a integração, a preservação e o compartilhamento de conhecimentos, sendo seu principal objetivo o de promover o amplo acesso às obras literárias, artísticas e científicas (na forma de textos, sons, imagens e vídeos), já em domínio público ou que tenham a sua divulgação devidamente autorizada, que constituem o patrimônio cultural brasileiro e universal. 


Portal Edukbr 110 
Portal vertical da área de educação concebido para formar uma comunidade dinâmica de aprendizagem na internet. Um dos sites do portal, o "Arte Manhas", propõe um trabalho com várias linguagens e expressões artísticas, dirigidas, principalmente, para alunos e professores do ensino fundamental. Cinema, música, poesia, dança e artes plásticas possuem seções específicas e ferramentas para a interação com os alunos. Os professores encontram links com dicas de atividades para a sala de aula. Em outro site, o "EstúdioWeb", também é possível encontrar conteúdos educativos relacionados à arte. A sugestão de atividade que trata da pintura, por exemplo, permite trabalhar com texto e visualização das principais obras de um determinado pintor. 


Portal MEC 111 
Na seção “Legislação Educacional” é possível ter acesso ao texto integral da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. No Art. 26º, § 2º, a Lei nº 9.394 determina que: “O ensino da arte, especialmente em suas expressões regionais, constituirá componente curricular obrigatório nos diversos níveis da educação básica, de forma a promover o desenvolvimento cultural dos alunos (Redação dada pela Lei nº 12.287, de 2010)". Sua aprovação, em 20 de dezembro de 1996, representou um importante avanço no campo do ensino da arte no Brasil.


Programa Salto para o Futuro 112 
O programa integra a grade da TV Escola (canal do Ministério da Educação). É uma das faixas de programação do canal dirigida especialmente à formação continuada de professores do ensino fundamental e médio, atendendo também a temas de interesse para a educação infantil. Exibido diariamente às 19h na TV Escola e reprisado às 8h e às 15h, o programa é transmitido simultaneamente pelos canais DirecTV, Sky e pode ser assistido via internet no Portal TV Brasil às 5h50.


Projeto Aprendi 113 
O portal reúne tecnologia para múltiplas propostas de aprendizagem tendo a arte como "fio condutor", uma ação cultural educativa de mediação em ambiente digital. 


Saber Cultural 114 
Neste site você vai encontrar links para diversos museus no Brasil e no Mundo, obras e biografias de grandes artistas, música e muitas, muitas imagens. Confira!


Salada Cultural - arte 115 
Artistas, obras, eventos, notícias, concursos, livros, galerias e escolas de arte são alguns dos ingredientes que compõem a salada cultural que dá nome ao site. Participando da enquete, o visitante ainda concorre a brindes.


Século XX1 116 
O Século XX1 quer contar com a sua participação. Este espaço está reservado para você mandar textos, sugestões de pauta, relatos de experiências pedagógicas, dicas de sites, livros, filmes ou programas de TV, bem como qualquer tipo de contribuição para as CHAVES e para o Almanaque. Queremos que o educador seja um parceiro, inclusive na geração de conteúdo para o Século XX1. Participe! 


Site de apoio ao Educador 117 
Site de apoio ao Educador, destinado aos pais e professores, dá o aporte pedagógico necessário para uma melhor mediação entre o ensino das Artes Visuais/ História da Arte e o jogo A Mansão de Quelícera - resultado de um projeto de pesquisa que visou a construção de um espaço lúdico-interativo que permitisse a potencialização do olhar poético. O site não oferece atividades e planos de aula prontos, mas o montante de informações necessárias para que o educador construa suas próprias incursões pelo jogo de Quelícera e pelas imagens da tradição artística nele citadas. 


Stencil Brasil 118 
Conta a história do Graffiti em São Paulo por meio de entrevistas, textos e imagens. Em "Imagens de Rua" os usuários podem enviar as suas contribuições e em Galeria de Arte Virtual encontrar um acervo de artistas com obras disponíveis para compra.


Tarsila do Amaral 119 
O site é uma oportunidade para conhecer as obras, a biografia e uma galeria com mais de 30 obras da pintora. 


WEB ARTE NO BRASIL 120 
Dedicado à pesquisa da produção brasileira de arte e tecnologia na internet, o site foi criado pelo Dr. em Artes na Universidade de São Paulo (USP), Fábio Oliveira Nunes.


WebArtigos.com - Artigos de Educação, Arte, Cultura, Ensino e Escola121 
Portal para publicação de artigos sobre educação, cultura, desenvolvimento pessoal, arte e outros temas.


Wikipédia - A enciclopédia livre 122 
A Wikipédia é uma enciclopédia livre que está sendo construída por milhares de colaboradores de todo o mundo. Este é um site baseado no conceito de WikiWiki, o que significa que qualquer internauta, inclusive você, pode editar o conteúdo de qualquer artigo acionando o link "Editar esta página" que é mostrado em quase todas as páginas do site. O projeto Wikipédia foi iniciado em janeiro de 2000 e já foram criados mais de 1 milhão de artigos em dezenas de línguas (136 871 artigos na versão em português). 



Pós-Graduação

Faculdade de Artes do Paraná (FAP) – Especialização em diversas especialidades artísticas 123 

A FAP realiza cursos de Pós-Graduação Lato Sensu em História da Arte Brasileira, Música Popular Brasileira e Fundamentos do Ensino da Arte ofertados ao longo do ano letivo. 


Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) – Especialização em História da Arte 124 

Busca apresentar uma visão crítica e atualizada sobre as práticas relacionadas à área de conhecimento correlata ao curso; contribuir para o desenvolvimento de uma visão crítica e criativa; dar autonomia aos alunos para desenvolverem suas pesquisas de modo informal, ou vinculadas às instituições culturais, ou programas de mestrado e doutorado; instrumentalizar os alunos na metodologia da pesquisa em arte; e habilitar os alunos a agir em cenários cada vez mais competitivos. 


Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão – Especialização em Arte-Educação 125 
Tem como objetivo oportunizar espaços para a reflexão da prática pedagógica, sob a perspectiva da multiculturalidade e da interdisciplinaridade; subsidiar o profissional para o exercício pleno da atividade artística em seu campo de trabalho.


Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) - Mestrado em Design 126 
A Linha de Pesquisa Design: Comunicação, Cultura e Artes está voltada para a reflexão crítica sobre objetos e linguagens gerados por meios tecnológicos e artísticos. Compreende a materialidade e a visualidade em seus aspectos semióticos e estéticos, educacionais, históricos, sociológicos, morfológicos e no campo da subjetividade. Enfatiza a interdisciplinaridade como fundamento da práxis do Design. Conta com três laboratórios que desenvolvem projetos de pesquisa articulados às disciplinas oferecidas e aos temas de dissertações já defendidas e em andamento. São eles: Laboratório da Representação Sensível/LaRS e Laboratório da Comunicação no Design/LabCom-Design, Laboratório de História do Design. 


Portal do ensino de Pós-Graduação do BrasiL 127 
Reúne mais de 35.000 opções de cursos de pós-graduação (todas as áreas e níveis de ensino de pós-graduação) em 3.760 Instituições de Ensino cadastradas. Seu banco de dados funciona como um sistema de busca, onde o usuário encontra o curso que deseja em uma das 926 cidades com opções de Instituições de Ensino de pós-graduação no Brasil. 


Senac (SP) – Especialização em Gestão em Arte 128 
Curso de pós-graduação (lato sensu) estruturado para a aperfeiçoar o profissional em planejamento, análise, prospecção, produção e gestão de instituições e empreendimentos ligados às artes visuais, dança, teatro e música. As artes e a cultura cada vez mais exigem uma postura dinâmica em matéria gerencial, tendo em vista a legislação envolvida, a qualidade profissional necessária, o desempenho e os conhecimentos inerentes à elaboração de projetos de envergadura e de impacto. Por isto, o curso objetiva formar e capacitar profissionais com conhecimento de gestão de projetos artísticos e culturais com uma visão ética e mercadológica.(Duração:21 meses)


Unijuí (RS) – Especialização em Poéticas Visuais 129

O Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Poéticas Visuais promove a reflexão teórica e teórico-prática sobre o fazer artístico contemporâneo, partindo do entendimento que o encontro de diferentes olhares sobre um objeto de estudo possibilita questionamentos, análise crítica e ampliação de saberes. O curso tem como foco o grande número de profissionais que atuam como agentes culturais, artistas visuais e na educação, que possuem dificuldades de dar continuidade de seu processo de criação em arte, principalmente quando inseridos no contexto da arte contemporânea. Além disso, busca contemplar número significativo de licenciados e bacharéis formados pela própria UNIJUÍ que estão carentes de programas de formação continuada nesta área de Poéticas Visuais. 


Unisul (SC) – Especialização em História da Arte 130 
O Curso de Especialização em História da Arte visa a instrumentalizar professores e demais profissionais do campo artístico no que se refere ao ensino e a compreensão da Arte. Neste sentido, buscar-se-á enfatizar a produção artística de diferentes períodos e contextos históricos, à luz de reflexões e debates sobre questões estéticas, ideológicas e sociais. Isto permitirá discutir, analisar e situar a Arte como uma produção inerente as diferentes culturas, privilegiando as produções dos povos ocidentais. 


Universidade Anhembi-Morumbi (SP) – Mestrado em Design 131 
A Linha de pesquisa Design, Arte e Moda tem como proposta investigar o campo do design e seus processos e relações conceituais.


Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) - Especialização em Arte em Educação 132 
Tem como objetivo aprofundar os conhecimentos teóricos e práticos básicos ao trabalho do arte-educador.


Universidade da Região de Joinville (Univille) – Especialização em Arte Contemporânea 133 

O curso Arte Contemporânea - Vivências Artísticas e Pedagógicas - Canoinhas (SC), tem como objetivo embasar a reflexão teórica sobre a arte contemporânea e o seu ensino, capacitando docentes e interessados na mediação e na fruição da produção artística da atualidade. 


Universidade de Campinas (Unicamp) – Mestrado e Doutorado em Comunicação 134 
O Programa de Pós-Graduação em Artes, Mestrado e Doutorado, é a consolidação da idéia desenvolvida no Instituto de Artes da UNICAMP, de se criar um centro gerador de estudos em artes visuais, teatrais e de dança que incorpore a pesquisa e a prática, a produção artística e a reflexão crítica e teórica, numa perspectiva interdisciplinar.


Universidade de São Paulo (USP) – Programa de Pós-graduação em Artes Visuais, Artes Cênicas e Música 135 



Universidade Estadual de Londrina (UEL) – Especialização em Arte 136

Direcionado a professores graduados em Educação Artística do ensino elementar e médio vinculados à rede oficial de ensino público (municipal e estadual) e particular, bem como, demais portadores de diploma de curso superior em áreas correlatas ao Ensino de Arte no campo das Artes Plásticas, Música e Artes Cênicas e professores da área de Pedagogia e Psicologia Educacional.


Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) – Mestrado em Artes 137

O Programa de Pós-graduação em Artes, Mestrado em stricto-senso tem como objetivo a formação de docentes, pesquisadores e de recursos humanos especializados na área de Artes. 


Universidade Federal de Alagoas (UFAL) - Especialização no Ensino da Arte 138 




Universidade Federal de Goiás (UFG) - Mestrado em Cultura Visual 139

Capacitar profissionais para o exercício da docência e pesquisa na área, contribuindo para o desenvolvimento e articulação do ensino e pesquisa em visualidades na região e no país. Desenvolver a capacidade crítica e reflexiva na abordagem de visualidades.


Universidade Federal de Goiás (UFG) – Especialização em Arte Contemporânea 140 




Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) - História da Cultura e da Arte 141 
O Curso de Especialização em História da Cultura e da Arte procura tomar as mais diferentes formas de expressão (das artes figurativas ao cinema, passando pelas reflexões mais propriamente teóricas) como objetos de estudo sobre o ensino e pesquisa em História, como um bom exercício no sentido de analisar as práticas mais imediatas do profissional de história e das demais ciências humanas. 


Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) – Especialização em Cultura e Arte Barroca 142 



Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) – Mestrado em Artes 143

O Programa de Pós-Graduação em Artes da Universidade Federal do Espírito Santo oferece o primeiro curso ‘strictu sensu’ do Estado, na área de Artes, cujo objetivo é proporcionar formação acadêmica ampla e aprofundada, atualmente em nível de mestrado, e futuramente de doutorado, desenvolvendo a capacidade de ensino e pesquisa no campo teórico. 


Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) - Esp. em Ed. em Artes e as novas Tecnologias 144 

Especialização em Educação em Artes e as Novas Tecnologias.


Universidade Federal do Pará (UFPA) – Especialização em Arte, Expressão e Ensino 145 

O Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em “Arte, Expressão e Ensino” teve início em 10 de julho de 2006, no Campus da Universidade Federal do Pará em Breves.


Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) - Mestrado em Artes Visuais 146 




Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – Especialização em Ensino da Arte 147 




Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – Mestrado em Artes Visuais, Artes Cênicas, Música 148 




Universidade Reg. de Blumenau (FURB) – Especialização em Arte Contemporânea: Vivências Artísticas 149 

Os cursos de Especialização (lato-sensu) da FURB surgiram há quase 30 anos, para suprir importantes demandas sociais para a formação de profissionais de diferentes áreas.


Universidade Tuiti do Paraná – Mestrado em Comunicação e Linguagens 150 




Blogs

Acesso 151 
O blog Acesso é uma iniciativa do Instituto Votorantim voltada para a troca de ideias, além da geração e qualificação de conteúdos relacionados à democratização cultural no Brasil. Tem como objetivo mapear tendências e tecnologias sociais, estimular o debate e divulgar iniciativas que valorizem o acesso cultural. 


ANA EDUCARTE 152 
O espaço tem por objetivo compartilhar projetos artísticos com sugestões para serem trabalhadas em todas séries do Ensino Básico. A profa. Ana Lucia da Silva , criadora do blog, foi uma das vencedoras do VII PrêmioArte na Escola Cidadã, em 2006. 


arteeducadoresdoespiritosanto 153 

Blog onde são divulgadas as ações promovidas pelo Polo Arte na Escola da Universidade Federal do Espírito Santo como grupos de estudos e empréstimos de materiais.


Arteiros 154 
Conheça o blog criado pela professora Marília Schmitt Fernandes, de Canoas (RS), para se comunicar com seus alunos e divulgar os trabalhos realizados nas aulas de Arte. 


Bienal C 155 
A 2ª BIENAL C abre um espaço expositivo e de diálogo entre a arte, a arte/educação e as relações do público com a arte contemporânea exposta na 7ª BIENAL DO MERCOSUL, BIENAL B e em outros eventos de expressão artística e cultural. Esta proposta se amplia na medida que os eventos tem continuidade. 


Blog do Polo UFPel 156 

O Projeto Arte na Escola, através do polo UFPEL, propõe a capacitação dos professores e alunos de arte das redes de Ensino de Pelotas e Região através de Seminários, Grupos de Pesquisas, Palestras e Oficinas, ações que promovam a reflexão e aplicação de novas práticas educativas no ensino de arte.


Blog Polo UCS 157 

Conheça o blog do Polo Arte na Escola da Universidade de Caxias do Sul.


Café Educacional 158 
Um blog que fala sobre notícias, eventos, boas práticas, e no qual os educadores podem trocar experiências com professores de todo o país.


Contextarte 159 
Blog da disciplina de Desenho do Curso de Arte Educação - Artes Visuais da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) que procura explorar as possibilidades estéticas, tecnológicas e artísticas contemporâneas.


Coordenação de Artes 160 
Blog criado com o objetivo de facilitar a comunicação e a troca de experiências entre os professores de Artes da Rede Municipal de Ensino de Uberlândia. 


Cultura Visual 161 
Espaço virtual criado pela professora Beloní Cacique Braga – Mestre em Educação, Arte-Educadora e Tutora em EaD – para discussão sobre a cultura visual e diálogo com pesquisadores e professores. 


Ensinando Artes Visuais 162 
O blog elaborado pelo prof. Erinaldo Alves do Departamento de Artes Visuais da Universidade Federal da Paraíba com a colaboração de alunos dos cursos de Licenciatura em Educação Artística (Artes Plásticas) e Artes Visuais da UFPB. Criado para compartilhar idéias e propostas sobre o ensino das artes visuais, o espaço divulga artigos sobre cultura visual, relatos da prática de ensino e também apresenta dicas para os professores. Confira!


Estudio Pedra 163 
No site da designer Dulce Horta você encontra desenhos interativos criados por ela para crianças de até 10 anos, mas que podem agradar a todas as idades. Uso gratuito. É preciso Flash Player.


Fotoblog de Sebastião Pedrosa 164 

Vejas as gravuras produzidas por Sebastião Pedrosa, coordenador do Pólo Arte na Escola da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em seu fotoblog.


Grupo de Estudos Pedagógicos - GEP 165 
Espaço aberto e criado para divulgar a programação dos eventos que serão promovidosm pelo GEP, assim como possibilitar debates e troca de ideias entre educadores sobre temas educacionais. 


I Encontro Nacional de Ensino das Artes 166 

O I Encontro Nacional de Ensino das Artes: circuito Nordeste pretende responder as seguintes perguntas: O que pesquisar e ensinar em Artes e como avaliar? Este evento será realizado entre os dias 10 a 12 de novembro de 2010. 


Linguagem de multimidia 167 
O blog da disciplina de linguagem de multimidia – ministrada pela professora Vera Melim, na Unc-Universidade do Contexto – tem por objetivo registrar estudos e produções voltadas à inserção da tecnologia na educação. 


Lousa Digital 168 
Trata-se de um espaço criado pela pesquisadora Sônia Bertocchi para a reflexão coletiva sobre o uso pedagógico da internet. Ele faz parte da categoria dos edublogs, sites com potencial para a construção colaborativa do conhecimento.


Polo Arte na Escola - Universidade Federal do Maranhão (UFMA) 169

Representação do Instituto Arte na Escola em São Luiz, resultado do convênio com a Universidade Federal do Maranhão, e que integra a Rede Arte na Escola em todo o Brasil.


Pólo Arte na Escola da UFRGS - Porto Alegre 170 

No Blog do Pólo Arte na Escola da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS você vai encontrar registros visuais dos encontros dos Grupo de Estudos, informações sobre as reuniões e ainda pode deixar registrados os seus comentários.


Polo Arte na Escola da Universidade Federal de Uberlândia - UFU 171

Conheça mais um ponto de divulgação das ações do Polo UFU da Rede Arte na Escola.


Pólo Arte na Escola da Universidade Federal do Pará – Brangança 172

Conheça o blog do Pólo Arte na Escola da Universidade Federal do Pará – Brangança, desenvolvido com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), que reafirma o compromisso da universidade em atuar junto a Formação Continuada de Professores.


Polo Arte na Escola da Universidade Federal do Paraná 173

Divulgação de eventos, materiais e todos os assuntos relacionados ao Polo da Universidade Federal do Paraná, do programa Arte na Escola. 


Polo Arte na Escola de Roraima 174 

O Polo Arte na Escola da Universidade Federal de Roraima divulga suas ações como oficinas voltadas aos professores das redes estadual, municipal e particular de ensino nas mais diversas modalidades. 


Pólo Arte na Escola UFPA - Belém 175 

Elaborado para divulgar informações, eventos, oficinas e outras atividades referentes à formação continuada de professores que são promovidas pelo Pólo Arte na Escola da Universidade Federal do Pará, em Belém.


Polo Arte na Escola UFPA - Marabá 176 

Um espaço de divulgação de eventos, atividades de grupos de estudos, oficinas e funciona como um espaço privilegiado de intercâmbio, trocas de experiências, comentários e manifestações de pessoas e profissionais interessados em participar do processo de formação continuada desenvolvido pelo Pólo do Arte na Escola de Marabá. 


Pólo Arte na Escola UFPR - Curitiba 177 

No blog do Pólo Arte na Escola da Universidade Federal do Paraná é possível, por exemplo, acompanhar as ações de formação de professores desenvolvidas durante os encontros de seus grupos de estudos. 


Polo Regional Arte na Escola UENF 178 

O Pólo Regional Arte na Escola - UENF foi implantado em 2005, fruto de um convênio entre a UENF e o Instituto Arte na Escola da Fundação Iochpe. Sua missão principal nas regiões Norte e Noroeste Fluminense é a implementação e disseminação de ações que contribuam, no âmbito do ensino das Artes, tanto para qualificar as práticas educativas estabelecidas, como para a melhoria da educação básica através do acesso aos recursos didáticos por ele disponibilizados.


Roda de Conversa 179 
O blog reúne o grupo de pesquisa sobre a formação continuada dos professores e seus registros de aula, coordenado pela professora Rosvita Kolb, da Escola Guignard/UEMG, e pretende proporcionar trocas de experiências.


Slide 180 
Neste portal é possível fazer suas próprias apresentações de slides, postar fotos e imagens, compartilhando-as com amigos. É gratuito e muito fácil de usar. Ainda é possível postar comentários, como num Blog.



Referenciais Curriculares em Arte

Diretrizes Curriculares da Educação Básica - Secretaria de Estado da Educação do Paraná 181 
O documento é o resultado de uma série de ações que culminariam nas Diretrizes Curriculares. Uma delas foi o lançamento do Livro Didático Público, em 2006. Produzido pelos próprios professores da rede estadual de ensino, foi distribuído gratuitamente em toda a rede pública e está disponível também no site da secretaria. 


Orientações curriculares e proposição de expectativas de aprendizagem da Sec. Mun. de Educação de SP 182 
O documento destaca o papel do professor de avaliar se o aluno correspondeu a expectativa de aprendizagem proposta. Por isso, sugere ao educador adquirir o hábito de manter registros constantes das suas observações durante as aulas como forma de avaliação. Uma espécie de "diário de campo'' do professor, instrumento que classifica como fundamental para identificar os resultados do processo pedagógico.


Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs 183 
Os Parâmetros Curriculares Nacionais constituem um referencial de qualidade para a educação no Ensino Fundamental em todo o País. Sua função é orientar e garantir a coerência dos investimentos no sistema educacional, socializando discussões, pesquisas e recomendações, subsidiando a participação de técnicos e professores brasileiros, principalmente daqueles que se encontram mais isolados, com menor contato com a produção pedagógica atual.


Proposta Curricular - Ensino Fundamental II e Médio - Secretaria de Estado da Educação de São Paulo 184 
A proposta apresenta o pensamento curricular para a disciplina de Arte estruturado por meio de uma cartografia que faz um mapeamento da arte nos seguintes territórios: linguagens artísticas; processo de criação; materialidade, forma-conteúdo; mediação cultural; patrimônio cultural e saberes estéticos e culturais. A mesma estrutura também foi utilizada pelas autoras, Mirian Celeste Martins e Gisa Picosce, na construção dos materiais educativos da DVDteca Arte na Escola. A proposta oferece ainda o Caderno do Professor, com orientações para o desenvolvimento dos conteúdos e das competências e habilidades que os alunos devem desenvolver em suas aprendizagens.


Proposta Curricular de EJA – Secretaria Municipal da Educação de Pato de Minas 185 
A abordagem Triangular é a base da Proposta Curricular que propõe que o professor considere o mundo contemporâneo em que a imagem integra-se ao texto, som e espaço. Propõe, também, que o aluno desenvolva a competência de saber ver e analisar as imagens para fazer uso no momento da criação. Assim como os PCNs, este documento aborda as linguagens da Arte – Artes Visuais, Música, Teatro, Dança – especificando os conteúdos de cada uma delas. 


Proposta Curricular para o Ensino Fundamental - Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais 186 
Para acessar a proposta, clique no menu da esquerda, escolha a opção Proposta Curricular e depois Fundamental 6º ao 9º. O endereço abriga também o Centro de Referência Virtual do Professor onde há acesso a programas de educação continuada oferecidos pelo Estado, fóruns temáticos de discussão, além de orientações pedagógicas, roteiros de atividades e mini-cursos em vídeos sobre cada conteúdo sugerido.


Proposta Curricular – Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina 187 
A proposta – resultado de dois anos de trabalho de professores de todas as regiões do Estado – dedica um volume inteiro à formação docente e onde constam itens como a fundamentação teórica para o ensino da Arte, definição de conteúdo, metodologia e avaliação, além de uma vasta bibliografia em cada uma das linguagens.


Proposta Curricular – Secretaria de Estado da Educação de Sergipe 188 
O documento fundamenta-se na Proposta Triangular e nas ideias de trabalhar por projeto, do educador espanhol Fernando Hernandez. Além desses princípios, propõe que o professor parta dos conhecimentos prévios dos alunos, elegendo-os como referencial comparativo para a compreensão das manifestações artísticas de outras localidades. Em relação à avaliação, a concepção é formativa e para que isso ocorra evidencia a importância do portfólio.


Proposta Pedagógica para o Ensino Fundamental I - Serviço Social do Comércio (SESC) 189 
Tem como referência a abordagem Triangular (produzir, apreciar e contextualizar) base dos Parâmetros Curriculares Nacionais. Divide os conteúdos plásticos ou visuais em aspectos formais, como espaço, forma, luz e cor, propondo que sejam revisitados continuamente de maneira cada vez mais aprofundada. O enfoque dado a Arte é o da criação e chama a atenção para que não se confunda habilidades manuais com execução de técnicas. Trata o trabalho com Arte como a busca do improvável, o salto para a imaginação. No final do currículo há uma bibliografia comentada.





Share
Tweet
Pin
Share